Cidades

SÃO J. DO XINGU: Criança denuncia tio e avô por estupro e eles são liberados por não haver flagrante

Publicados

em

Divulgação/Internet

A mãe de uma menina de 11 anos denunciou o avô e um tio da menor por estupro. O caso aconteceu no município de São José do Xingu (a 1.200 km de Cuiabá). A mãe da vítima procurou o Conselho Tutelar da cidade, denunciando a situação às autoridades. O avô tem 69 anos e o tio 63 anos.

No entanto, apesar da denúncia, a menina pode continuar em risco. Um dos suspeitos foi detido em casa e o outro em um bar da cidade. Os dois foram levados para a delegacia, mas acabaram sendo liberados logo após serem ouvidos, porque não houve flagrante na prisão.

Segundo a denúncia, a própria menina foi quem contou sobre os estupros à mãe, que ocorriam há dois anos. Após os crimes sexuais, a vítima era ameaçada de morte. Segundo ela, os homens a intimidavam com um facão, dizendo que se ela não deixasse o ato ocorrer ou contasse para alguém, seria morta.

Ainda de acordo com a vítima, o último abuso aconteceu em março deste ano, quando ela foi para a casa dos avós paternos. Segundo o relato, em agosto, os suspeitos tentaram estuprar a menina novamente, mas ela conseguiu escapar, criando coragem para denunciar o caso.

Leia Também:  Juíza indefere pedido de liminar, Comissão segue e vereadores podem ser cassados

O caso foi encaminhado à Polícia Civil, que abrirá um inquérito para apurar as denúncias. O Conselho Tutelar continua acompanhando a menor e sua família.

Fonte: unicanews

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Mulher sofre estupro dentro do banheiro de oficina em Sinop

Publicados

em

Reprodução

Mulher de 36 anos foi estuprada na madrugada de sexta-feira (25), dentro de uma oficina na cidade de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). O suspeito do crime teria a seguido na rua e aproveitou o momento em que ela passava perto do local para abordá-la. O agressor já foi identificado e está sendo procurado.

Conforme as informações da vítima, por volta da 00h15, ela deixou uma lanchonete no Posto Trevão e seguia a pé até a rodoviária, onde pegaria um ônibus para Sorriso – onde ela mora.

Durante o caminho, passou a ser acompanhada por um homem que estava sem camisa, com calça suja de graxa. Quando passavam perto da oficina, ela foi levada para dentro de um banheiro, onde foi estuprada.

Segundo a mulher, o agressor usou de violência e ameaça. Ela chegou a gritar pedindo por ajuda, mas sem sucesso. Após uma movimentação de veículos do lado de fora, o suspeito fugiu do local levando ainda o celular da vítima e o relógio.

Depois do crime sexual, ela saiu na rua pedindo ajuda e encontrou um guarda, que encontrou o suspeito em fuga. Abordado, ele devolveu os pertences da vítima, mas acabou fugindo. Polícia foi acionada, fez rondas e não o encontrou.

Leia Também:  Três partidos oficializam candidatura de médico para Prefeitura de Barra do Garças

Já na oficina, o proprietário informou que o suspeito morava no local, mas que havia se mudado há alguns dias. Ele foi reconhecido por meio de fotos e também pelas imagens das câmeras do local. Ele está sendo procurado pelas autoridades.

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA