CUIABÁ

ARTIGO- Dia da Árvore – O verde que gera vida

Publicados

em


Secom Câmara

No próximo dia 21 de setembro comemoramos o dia da árvore e, mais do que uma data simbólica, esse dia é oportuno para a reflexão a respeito do desmatamento e da importância da conservação dos recursos naturais, bem como da necessidade de conscientizar a população sobre esse vínculo com a vida dos seres humanos.

&nbspA data, instituída no Brasil em 24 de fevereiro de 1965, foi escolhida por coincidir com a chegada da primavera que refere-se à renovação da esperança.

As árvores são nossas grandes riquezas, presentes em diversos biomas. As florestas são consideradas as maiores riquezas do planeta, por inúmeros motivos, como: a árvore retém o gás carbônico, libera o oxigênio, a fotossíntese, aumentam a umidade do ar, tornam o ar mais limpo e respirável, propiciam a socialização dos seres vivos, além da retenção de ruídos, dentre vários outros benefícios, garantindo, desta forma, a sobrevivência das mais variadas espécies, inclusive a do homem.

Esse dia serve para nos mostrar a necessidade de preservamos o que Deus nos deu de melhor, entendendo a importância de preservar a natureza, e a implantação de políticas públicas ambientais realmente eficazes, contra o desmatamento ilegal e, voltando mais para a área urbana, incentivando a população em geral, principalmente as crianças e adolescentes, que são o futuro do país, a plantarem e preservarem árvores, propiciando a eles um engajamento nessa luta pela arborização de nossas praças, escolas e todos os demais espaços públicos existentes.

Leia Também:  ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020: Coisas que nem a política consegue explicar

Entendendo a importância dessa ação, desde 2013, com muito sucesso, implementamos o Movimento de Arborização Comunitária – PlantAr, que consiste em levarmos o plantio de mudas de árvores frutíferas e ornamentais, do nosso cerrado a todas as comunidades do nosso município, tanto em praças públicas como em escolas e demais logradouros, o que já propiciou mais de 40.000 mudas plantadas, com o apoio do poder público, da iniciativa privada e da população local, com a participação maciça dos moradores e, sobretudo, das crianças e adolescentes do nosso município.

Somente com práticas como esta, vamos continuar nos beneficiando da nossa biodiversidade, de um ar cada vez menos poluído, das flores e frutos, da amenização da temperatura, das sombras que as árvores nos proporcionam, além de sua beleza paisagística. Feliz dia da Árvore!

Vereador Prof. Mário Nadaf

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Com comidas regionais e artesanatos, projeto “Festa na Praça” é lançado na Alencastro

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

“Me sinto valorizada em participar deste projeto”, afirma a artesã Helena Bastos Monge. Para ela, a ação da Prefeitura de Cuiabá, Serviço Social do Comércio- Sesc/Fecomércio e Rádio Conti, fomenta o potencial dos empreendedores. A inicitiva com a ação ‘Festa na Praça’ é uma importante estratégia de valorização do artesanato e gastronomia local. A primeira edição do evento foi lançada na tarde de quarta-feira (27) e contou com expressiva aprovação popular. 

De acordo com o secretário municipal de Turismo, Oscarlino Alves, o principal objetivo é trazer o “Bulixu”, que é a feira de culinária e artesanato que acontece no Sesc Arsenal nas noites de quinta para as praças da capital. Ele destaca que este projeto foi uma iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro que busca valorizar os artistas locais e fomentar o turismo e apresentada para a diretoria do Sesc que apoiou o projeto “Festa na Praça”.

“Pensamos em um projeto popular para atrair a população para os espaços públicos, com dois conceitos. A praça Alencastro que é um local de transição, onde passam diariamente os trabalhadores, estudantes e no Jardim das Américas, englobando os moradores dos bairros. O turismo foi um dos setores mais afetados pela pandemia e a gestão tem pensado muito em todos os trabalhadores”, pontua.

Leia Também:  Prefeitura de Cuiabá promove discussões sobre a revisão da Lei de Regularização e estima beneficiar 30 mil pessoas

Para o secretário municipal de Governo, Luís Cláudio Sodré, essa parceria em trazer a cuiabania para as praças é um trabalhado de valorização desde o inicio da gestão Emanuel Pinheiro. “O projeto será levado para outras praças da cidade, dando a oportunidade de fomentar em todas as regiões de Cuiabá a cultura Cuiabana, exposto no artesanato, na música, na gastronomia”, explica.

Segundo o diretor Regional do Sesc/Senac, Carlos Rissoto, este projeto vem sendo desenhando como uma forma de agregar a população e levar esta cultura cuiabana para o centro da cidade e para os bairros.

“Um projeto que vai movimentar a sociedade, vai atrair as pessoas para as praças, mostrando a gastronomia cuiabana e o acolhimento popular que é típico da nossa sociedade. Este é um projeto piloto em parceria com a Prefeitura de Cuiabá que tem tudo pra dar certo”, ressalta.

A artesã Malu Jara esta iniciativa em realizar um projeto que valoriza os microempreendedores é de grande valor. “Isso nos motiva ainda mais a continuar desenvolvendo nosso trabalho, pois sabemos que teremos outros lugares onde nós iremos expor nosso trabalho, isso é um reconhecimento gigantesco”, finaliza.

Leia Também:  Prefeito e Primeira-dama buscam parceria para executar programa de combate à violência contra a mulher em Cuiabá

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA