CUIABÁ

CCJR aprova parecer favorável a quatro projetos durante reunião ordinária

Publicados

em


Reprodução

A reunião ordinária da comissão aconteceu no formato remoto
Na reunião, os membros da comissão também aprovaram parecer contrário a três matérias


Na reunião ordinária desta quarta-feira, 13 de outubro, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) analisou oito matérias que tramitam na Câmara Municipal de Cuiabá. Quatro receberam pareceres favoráveis, três foram rejeitados e um foi retirado de pauta.

Entre os projetos de lei que receberam parecer favorável está o processo nº 307/2021, de autoria do vereador Dídimo Vovô (PSB), que declara as cavalgadas, o tropeirismo e demais tradições culturais ligadas ao meio rural, como patrimônio histórico e cultural de natureza imaterial da cidade de Cuiabá.
A comissão também aprovou o Projeto de Lei nº 5349/2021, de autoria do vereador Chico 2000 (PL), que denomina&nbspa Praça do Bairro Cohab São Gonçalo de Valdeir Pereira Donato.
Também receberam parecer favoráveis dois projetos de decretos legislativos que concedem título de cidadão cuiabano: nº 3668/2021 e&nbsp nº 218/2021.
O projeto de lei ordinária de nº 153/2021 foi retirado de pauta após pedido de dilação de prazo, feito pelo relator da matéria na comissão, vereador Lilo Pinheiro.&nbspA matéria que dispõe sobre a disponibilização do resultado do exame citopatológico do colo de útero no prazo máximo de 30 dias a partir da coleta do exame deve receber parecer da CCJR nas próximas reuniões ordinárias.
Os membros da CCJR deram parecer contrário&nbspa três matérias. São eles: processos números 147/2021, 329/2021 e 1387/2021.
Veja a íntegra dos projetos analisados pela comissão no link:
Assista à reunião ordinária da CCJR:&nbsphttps://youtu.be/Z5RQ31XrwYk

Leia Também:  Prefeitura vacina população em situação de rua acolhida nos albergues municipais

Secom Câmara

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

Com comidas regionais e artesanatos, projeto “Festa na Praça” é lançado na Alencastro

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

“Me sinto valorizada em participar deste projeto”, afirma a artesã Helena Bastos Monge. Para ela, a ação da Prefeitura de Cuiabá, Serviço Social do Comércio- Sesc/Fecomércio e Rádio Conti, fomenta o potencial dos empreendedores. A inicitiva com a ação ‘Festa na Praça’ é uma importante estratégia de valorização do artesanato e gastronomia local. A primeira edição do evento foi lançada na tarde de quarta-feira (27) e contou com expressiva aprovação popular. 

De acordo com o secretário municipal de Turismo, Oscarlino Alves, o principal objetivo é trazer o “Bulixu”, que é a feira de culinária e artesanato que acontece no Sesc Arsenal nas noites de quinta para as praças da capital. Ele destaca que este projeto foi uma iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro que busca valorizar os artistas locais e fomentar o turismo e apresentada para a diretoria do Sesc que apoiou o projeto “Festa na Praça”.

“Pensamos em um projeto popular para atrair a população para os espaços públicos, com dois conceitos. A praça Alencastro que é um local de transição, onde passam diariamente os trabalhadores, estudantes e no Jardim das Américas, englobando os moradores dos bairros. O turismo foi um dos setores mais afetados pela pandemia e a gestão tem pensado muito em todos os trabalhadores”, pontua.

Leia Também:  Vereadores entregam moção de aplausos e título de cidadão cuiabano a Bolsonaro

Para o secretário municipal de Governo, Luís Cláudio Sodré, essa parceria em trazer a cuiabania para as praças é um trabalhado de valorização desde o inicio da gestão Emanuel Pinheiro. “O projeto será levado para outras praças da cidade, dando a oportunidade de fomentar em todas as regiões de Cuiabá a cultura Cuiabana, exposto no artesanato, na música, na gastronomia”, explica.

Segundo o diretor Regional do Sesc/Senac, Carlos Rissoto, este projeto vem sendo desenhando como uma forma de agregar a população e levar esta cultura cuiabana para o centro da cidade e para os bairros.

“Um projeto que vai movimentar a sociedade, vai atrair as pessoas para as praças, mostrando a gastronomia cuiabana e o acolhimento popular que é típico da nossa sociedade. Este é um projeto piloto em parceria com a Prefeitura de Cuiabá que tem tudo pra dar certo”, ressalta.

A artesã Malu Jara esta iniciativa em realizar um projeto que valoriza os microempreendedores é de grande valor. “Isso nos motiva ainda mais a continuar desenvolvendo nosso trabalho, pois sabemos que teremos outros lugares onde nós iremos expor nosso trabalho, isso é um reconhecimento gigantesco”, finaliza.

Leia Também:  Prefeitura vacina população em situação de rua acolhida nos albergues municipais

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA