CUIABÁ

Pra Frente Cuiabá: Secretário se reúne com representantes do Porto Seco para debater sobre o IMEX

Publicados

em


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

O secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo, participou de uma reunião na tarde desta segunda-feira (7), com representantes do Porto Seco de Mato Grosso para dar continuidade a primeira etapa do programa de Importação e Exportação – IMEX Cuiabá, que integra o “Pra Frente Cuiabá”, uma iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro que visa fortalecer as atividades econômicas, considerando principalmente os impactos decorrentes da pandemia de Covid-19.

O IMEX Cuiabá deve atrair mais parcerias para ações de fomento ao investimento em qualificação e capacitação de empreendedores e implantar a Câmara de Comércio Exterior. O novo programa será executado em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Arco Norte Terminais e o Porto Seco de Cuiabá.

O processo do IMEX é dividido em três etapas, a primeira é a elaboração do plano de negócios, que implica a identificação das alíquotas, dos impostos e logísticas para importação e exportação. Já a segunda etapa, está relacionada ao processo operacional de envio e recebimento de produtos. Por fim, a última etapa consiste no acompanhamento de todo o processo para garantir que o produto chegue ao destino final da forma adequada.

Leia Também:  Prefeitura de Cuiabá desenvolve plano de ação especial de Combate ao Trabalho Infantil em junho

“Precisamos do apoio do Porto Seco e do terminal do Arco Note para nos dar esse suporte. Por isso a importância dessa visita, para que as nossas equipes tenham conhecimento sobre o funcionamento do Porto Seco e juntamente com a UFMT, teremos muito mais facilidade para elaboração do plano de negócio. O programa já está fazendo a primeira etapa e a identificação dos clientes em potencial. Nós já temos três clientes que despertaram para o mercado de importação e exportação e, a partir de agora, iniciaremos a entrada na próxima fase, que é prospectar de forma concreta a condição de viabilidade comercial”, explicou o secretário Francisco Vuolo.

Os processos de importação e exportação serão executados em recinto alfandegado, sob a supervisão dos órgãos aduaneiros, Receita Federal, Ministério de Agricultura e Anvisa. A UFMT será a responsável pela capacitação e qualificação de todos os empresários que tenham interesse em participar do comércio internacional.

“A Universidade participa desse termo de cooperação junto com a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento, Porto Seco e Arco Norte, e a ideia é que a Secretaria leve esse tema aos empresários, a Universidade entre apoiando a qualificação através dos núcleos de pesquisas e o Porto Seco fique com a parte de infraestrutura”, disse a professora e representante da UFMT, Luciane Durante.

Leia Também:  Programa Siminina retoma atividades presenciais em Cuiabá

O Presidente do Porto Seco, Francisco Antônio de Almeida, o Chico Paiaguás, também destaca a importância da parceria para dar continuidade ao programa. “O caminho correto é esse, entender todo o trabalho e esforço técnico para fazer o programa funcionar na prática, verificar o que tem viabilidade ou não. É muito importante essa visão que a Secretaria está tendo, pois sem isso não conseguiríamos transformar esse sonho em realidade. Como Mato Grosso ainda é carente nessa área, nós temos um longo caminho a percorrer, mas vamos fazer isso de forma que tenhamos sucesso nessa empreitada. Iremos auxiliar os importadores e exportadores a obterem sucesso também”, pontuou.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

UBS Ilza Terezinha Picoli celebra dois anos de existência com mais de 29 mil atendimentos prestados à população 

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

Foi em clima de festa junina, acompanhado por um delicioso café da tarde composto por comidas típicas, alegria e muita descontração, que a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Residencial Ilza Terezinha Picolli celebrou nesta sexta-feira (24) seu aniversário de dois anos de existência e bons resultados ao lado das equipes médicas, servidores e pacientes. 

Construída pela Gestão Emanuel Pinheiro e entregue em 27 de junho de 2020, a UBS alcançou neste período a marca de mais de 29 mil atendimentos prestados à população, que contempla além da região citada, outras seis comunidades, sendo elas:  os residenciais Jonas Pinheiro, Wantuil de Freitas, Buriti, Jamil Nadaf, Solar da Chapada e o bairro Terra Prometida. Todos esses locais recebem serviços de assistência médica, saúde bucal, testes e vacinação de diferentes patologias.

A enfermeira-chefe da unidade, Suzana Lissoni, enfatizou a importância do vínculo afetivo conquistado entre os profissionais e os moradores e afirmou que a data especial não poderia passar em branco. “A comunidade é bem participativa conosco, algo que nos orgulha muito e possibilita o trabalho em conjunto. Então, hoje, não poderia ser diferente, nos mobilizamos para fazer deste dia algo diferente e marcante”, disse. 

Leia Também:  SMS publica edital para novo processo seletivo simplificado; 941 vagas para contratação imediata e 1.875 para cadastro reserva

O local faz parte do programa Hora Estendida, com horário de funcionamento das 7h às 21h. Além disso, conta com equipamentos de última geração, mobílias, salas odontológicas destinadas aos procedimentos da  Atenção Básica de Saúde, respectivamente. 

A moradora da localidade, Janaina Souza, conta que se sentiu lisonjeada com o convite para participar da comemoração ao levar os dois filhos para se vacinar. “Eu achei muito legal a iniciativa, pois, mesmo com a festa aqui, os atendimentos não pararam e as crianças gostaram bastante. Toda a equipe está de parabéns, sou muito bem tratada aqui”, elogiou. 

A ocasião teve ainda a apresentação de palestras voltadas ao tema de alimentação saudável, saúde bucal, atividades de prevenção, habilitação e reabilitação, bem como massagens. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA