CUIABÁ

Sem doses de reforço, Cuiabá aguarda Ministério da Saúde para poder iniciar terceira fase de vacinação a idosos e imunossuprimidos

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

Até esta terça-feira (14) Cuiabá não recebeu as vacinas direcionadas para a dose de reforço, que o Ministério da Saúde anunciou em 25 de agosto. Segundo a divulgação do Ministério, a aplicação será direcionada para idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos a partir do dia 15 de setembro.

“Mais uma vez Cuiabá está sendo prejudicada por não receber vacinas para este novo grupo. Apesar de já ter sido largamente divulgado na imprensa de que a vacinação da dose de reforço começa nesta quarta-feira, 15 de setembro, a capital de Mato Grosso novamente não poderá começar essa vacinação na data proposta simplesmente porque não recebeu as doses para isto”, indignou-se o prefeito Emanuel Pinheiro.

Da mesma forma, Cuiabá também não recebeu ainda as doses para o público de 12 a 17 anos. “Está previsto recebermos uma remessa esta semana, mas de acordo com a Comissão Intergestora Bipartite, que é responsável pela pactuação das vacinas, as doses que receberemos serão apenas para primeira aplicação do público acima de 18 anos”, revelou a coordenadora da campanha de vacinação, Valéria de Oliveira.

Leia Também:  Câmara Municipal realiza reunião com vereadores eleitos nas últimas eleições

Até o momento, 83,7% de toda a população acima de 18 anos já tomou a primeira dose da vacina contra o coronavírus e 46,7% já está com o esquema vacinal completo, por ter tomado a segunda dose ou vacina de dose única. Foram aplicadas ao todo até esta quinta-feira, mais de 598 mil doses, o que corresponde a 79,5% de todas as vacinas recebidas pela capital.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CUIABÁ

ARTIGO- Dia da Árvore – O verde que gera vida

Publicados

em


Secom Câmara

No próximo dia 21 de setembro comemoramos o dia da árvore e, mais do que uma data simbólica, esse dia é oportuno para a reflexão a respeito do desmatamento e da importância da conservação dos recursos naturais, bem como da necessidade de conscientizar a população sobre esse vínculo com a vida dos seres humanos.

&nbspA data, instituída no Brasil em 24 de fevereiro de 1965, foi escolhida por coincidir com a chegada da primavera que refere-se à renovação da esperança.

As árvores são nossas grandes riquezas, presentes em diversos biomas. As florestas são consideradas as maiores riquezas do planeta, por inúmeros motivos, como: a árvore retém o gás carbônico, libera o oxigênio, a fotossíntese, aumentam a umidade do ar, tornam o ar mais limpo e respirável, propiciam a socialização dos seres vivos, além da retenção de ruídos, dentre vários outros benefícios, garantindo, desta forma, a sobrevivência das mais variadas espécies, inclusive a do homem.

Esse dia serve para nos mostrar a necessidade de preservamos o que Deus nos deu de melhor, entendendo a importância de preservar a natureza, e a implantação de políticas públicas ambientais realmente eficazes, contra o desmatamento ilegal e, voltando mais para a área urbana, incentivando a população em geral, principalmente as crianças e adolescentes, que são o futuro do país, a plantarem e preservarem árvores, propiciando a eles um engajamento nessa luta pela arborização de nossas praças, escolas e todos os demais espaços públicos existentes.

Leia Também:  Emanuel Pinheiro amplia Enem Digital e Agro da Gente para o Vale do Rio Cuiabá

Entendendo a importância dessa ação, desde 2013, com muito sucesso, implementamos o Movimento de Arborização Comunitária – PlantAr, que consiste em levarmos o plantio de mudas de árvores frutíferas e ornamentais, do nosso cerrado a todas as comunidades do nosso município, tanto em praças públicas como em escolas e demais logradouros, o que já propiciou mais de 40.000 mudas plantadas, com o apoio do poder público, da iniciativa privada e da população local, com a participação maciça dos moradores e, sobretudo, das crianças e adolescentes do nosso município.

Somente com práticas como esta, vamos continuar nos beneficiando da nossa biodiversidade, de um ar cada vez menos poluído, das flores e frutos, da amenização da temperatura, das sombras que as árvores nos proporcionam, além de sua beleza paisagística. Feliz dia da Árvore!

Vereador Prof. Mário Nadaf

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA