ENTRETENIMENTO

‘A Fazenda 13’: Dayane Mello é acusada de racismo por falar em ‘beleza elegante’

Publicados

em


source
Dayane Mello fala que não quer ficar morena
Reprodução/PlayPlus

Dayane Mello fala que não quer ficar morena


A peoa Dayane Mello está sendo acusada de racismo pela web após uma declaração dada na tarde desta segunda-feira (20) em “A Fazenda 13”.

Durante uma conversa com o cantor Tiago Piquilo, Dayane disse que evita tomar sol para facilitar o trabalho com as marcas. Segundo a influenciadora, os contratantes preferem uma “beleza elegante”. “Não quero mais pegar sol, não posso. Tu sabe que eu não posso ficar muito morena para o meu trabalho”, iniciou. 

Surpreso com a declaração, Tiago perguntou o motivo. “As campanhas não querem muito morena. Elas querem uma beleza um pouco mais elegante do que a morena. Eu não posso tomar muito sol. As marcas às vezes não querem”, completou.


Na web, a modelo e ex-BBB Itália foi acusada de racismo. “Não tentem passar pano pra fala dela, que criticasse a indústria e não definisse a pele branquinha como elegante e outras não. paz”, disse um internauta. “Essa mulher é tudo de podre , não me espanta ela ter ficado com o borel é podre igual a ele, a Itália sempre esteve certa sobre essa , tanto é que foi em mais de 10 paredões, nojo!”, pontuou outro internauta. “Assistindo você vê o ar de soberba e a maneira como ela coloca a branca como sendo superior a negra. Podre”, concluiu uma internauta.

Leia Também:  Justin Bieber revela que gostaria de ter casado virgem

Leia Também

Veja vídeo e reações da web:




Leia Também:  'A Fazenda 13': ex de Rico Melquíades detona peão: "Só grita com mulher"




Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Zeca Pagodinho volta para academia por sequelas após Covid-19

Publicados

em


source
Zeca volta para academia com motivação
Reprodução/Instagram

Zeca volta para academia com motivação


Com 62 anos de idade, Zeca Pagodinho nunca havia frequentado uma academia de ginástica. Dois meses após ser internado com Covid-19, o cantor resolveu priorizar a saúde. Por conta das dores que sentia nas pernas e quadril, principalmente após se recuperar do Coronavírus, ele iniciou um tratamento de fisioterapia numa clínica que fica bem perto do seu apartamento, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Da fisioterapia, pulou para a academia e passou a fazer musculação. O profissional responsável por cuidar do artista é o fisioterapeuta especializado em fisioterapia esportiva André Ricardo Jesus do Nascimento, que detalhou ao EXTRA todo o plano de tratamento do cantor.

“O treino do Zeca Pagodinho, a princípio, foi terapêutico. Ele estava sentindo dores nas pernas, no quadril e muita fraqueza, principalmente pós-Covid-19. Começamos, então, com um trabalho de fisioterapeuta, e ele foi se recuperando rápido com um trabalho de manipulação, alongamento, fisioterapia e massoterapia. Essa recuperação foi tão rápida, ele se envolveu tanto e se sentiu tão bem, que eu propus a ele fazer um trabalho de reforço aqui na academia que fica na clínica. Propus a ele um trabalho de musculação, alongamento, resistência, equilíbrio, e ele gostou”, detalha André.

Leia Também:  Mumuzinho quer apresentar o BBB22 e pede apoio a Tiago Leifert

Leia Também


Segundo o personal, Zeca tem se empenhado bastante em cuidar da saúde: “Ele nunca treinou, mas ele sentiu a necessidade, o corpo está pedindo um trabalho. Ele está no décimo treinamento agora e está gostando. Ele está se sentindo bem e está motivado”.

Como a academia fica próxima à casa do cantor, Zeca vai a pé. Ele treina três vezes na semana, fazendo meia hora de fisioterapia e mais meia hora de força, resistência, equilíbrio e postura.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA