ENTRETENIMENTO

Ex-namorado de Marília Mendonça cancela agenda de shows após morte da cantora

Publicados

em


source
Marília e Murilo Huff
Reprodução/Instagram

Marília e Murilo Huff


O cantor sertanejo Murilo Huff, ex-namorado da cantora Marília Mendonça, anunciou na tarde desta terça-feira (9), que cancelou todos os compromissos da sua agenda profissional no mês de novembro.  Huff tomou a decisão após a morte da cantora, vítima de um acidente aéreo em Minas Gerais na sexta-feira (5).

No Instagram, Huff publicou um comunicado para fãs e contratantes. “Em razão dos últimos acontecimentos, os próximos compromissos profissionais do artista neste mês de novembro estão desmarcados. Assim que possível, divulgaremos as novas datas”, diz a nota. Huff ganhou apoio dos fãs após a decisão. “Todo meu respeito a vocês!”, escreveu um internauta. “Força meu amigo”, publicou outro.


Leia Também

O cantor viveu um relacionamento com Marília Mendonça de quase quatro anos, com quem teve o pequeno Leo, de um anos e dez meses. Em entrevist ao Fantástico, Huff se mostrou bastante abalado com a morte da ex.

Leia Também:  Famosos lamentam morte da atriz Marina Miranda

“A gente faz muito pouco tempo que não estava junto, mas a relação foi muito boa. Todas as vezes que a gente teve algum tipo de atrito, vamos dizer que a gente precisou se afastar como casal, mas sempre nós respeitamos demais. Nunca paramos de se falar, principalmente depois do Léo. Eu sempre respeitei ela muito como mãe e ela me respeitou muito como pai também, acima de qualquer coisa. A última mensagem que ela mandou pra mim, ironicamente, foi no dia que aconteceu [o acidente]. Ele tava indo pra casa da minha mãe e ela mandou mensagem pedindo pra cuidar dele, ficar de olho, porque ele tinha tomado vacina. Parece que ela tava despedindo porque falar, justamente, isso no dia que aconteceu”, lembrou.


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Aguinaldo Silva critica comportamento de advogado de Robinho: “Odioso”

Publicados

em


source
Robinho e Aguinaldo Silva
Reprodução/Instagram

Robinho e Aguinaldo Silva


Aguinaldo Silva  também foi às redes sociais repercurtir a  condenação de Robinho, a nove anos de prisão pelo crime de violência sexual coletiva, cometido numa boate de Milão, em 2013, quando atuava pelo Milan. A Corte de Cassação de Roma — última instância da Justiça italiana — confirmou a decisão na manhã desta quarta-feira (19).

“Não sou eu quem vai dizer se Robinho mereceu ser ou não condenado. Mas essa história de o advogado dele tentar desmerecer a vítima do suposto estupro divulgando fatos de sua conduta íntima é odioso. Então, os homens podem ter uma vida sexual e as mulheres, não?”, questionou o  ex-novelista da Globo por meio do microblog.


Para quem não está por dentro dos últimos desdobramentos do caso, o  dramaturgo estava se referindo ao fato de Franco Moretti, um dos representantes do atacante, que teve passagem por Santos, Real Madrid e seleção brasileira, afirmar que a relação entre a mulher albanesa e o seu cliente foi consensual e ainda citar um dossiê da vida privada da jovem, que foi rechaçado no julgamento. 

Leia Também:  Filha de Chay Suede se derrete com irmão recém-nascido: "Meu neném"


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA