ESPORTES

De olho em Tóquio, carateca treina com atletas da seleção de taekwondo

Publicados

em


.

Vice-campeã mundial em 2016, a carateca paulista Valéria Kumizaki não mede esforços para chegar em plena forma no Pré-Olímpico Mundial da modalidade, em Paris (França), adiado para o ano que vem, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Para se garantir na estreia olímpica do caratê nos Jogos de Tóquio (Japão), Kumizaki, de 35 anos, optou por treinar com os atletas Miguel e Milena Titoneli e os técnicos Clayton e Reginaldo dos Santos, todos da seleção brasileira de taekwondo. 

O grupo está reunido em uma chácara na região de São Roque, no interior paulista, e Kumizaki resolveu se juntar a eles. O único objetivo é treinar, respeitando as regras sanitárias para evitar o contágio da covid-19. “Quando a equipe do caratê está lá no Rio de Janeiro, no CT do Time Brasil, e o pessoal do taekwondo também, eu sempre dou um jeito de assistir aos treinos deles. Gosto da modalidade e me inspiro nos treinos deles, principalmente nos chutes, que são golpes bem importantes no caratê”. 

Kumizaki lembra ainda que o preparador físico da equipe nacional do Taekwondo é o mesmo do caratê. “É o Ariel Longo. Já tinha comentado com ele que eu gostaria de melhorar meus chutes e aí surgiu com a ideia de eu ir treinar com a galera do taekwondo. Eu conhecia também o Clayton e o Reginaldo. Mas nunca tinha conversado com eles. Estou impressionada com o trabalho deles, e muito feliz de poder estar aqui aprendendo a chutar com os melhores técnicos do mundo”, revela à Agência Brasil.

Leia Também:  Turquia confirma que Ligas de Futebol vão retornar em junho

 

 

Bicampeã no Pan de Lima

A paulista colecionou ótimos resultados no ano passado.  Após assegurar em fevereiro a vaga no Pré-Olímpico Mundial de Caratê, em Paris, Kumizaki foi bicampeã dos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), na categoria até 55 quilos. Foi a quarta medalha de uma série: a carateca foi prata no Pan do Rio (2007), bronze no Pan de Guadalajara (2011) e o primeiro ouro no Pan de Toronto (2015). 

Leia Também:  Fifa homenageia profissionais da linha de frente contra a covid-19

“Vou competir nesse classificatório e também tenho o ‘cartão continental’ pelo ouro no Pan, que dá direito a três vagas nos Jogos Olímpicos. Mas a entrada na Olimpíada pelo ‘cartão continental’ depende de vários resultados de outras atletas no ranking mundial, não só os meus. Por isso, estou treinando muito focada, principalmente, no Pré-Olímpico. Se Deus quiser vai dar tudo certo”, diz confiante a carateca, atualmente décima sétima colocada no ranking mundial até 55 kg. 

Atuais colegas de treino de Valéria Kumizaki na chácara do interior paulista reconhecem que a experiência de treinar juntos favorece a todos. Ícaro Miguel, líder no ranking mundial de taekwondo – categoria até 87 kg – considera que “ter pessoas como a Valéria Kumizaki no nosso dia a dia agrega muito para todos, estamos compartilhando conhecimentos”.

A atleta Milena Titoneli também apoia a carateca. “Tínhamos conversado apenas uma vez, lá no Prêmio Brasil Olímpico do ano passado. Esse período de treinos está sendo uma experiência enriquecedora para todos nós”, comentou a campeã pan-americana ano passado.  

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Bruno Henrique vê Jorge Jesus focado para a final da Taça Rio

Publicados

em


.

Véspera da final da Taça Rio contra o Fluminense, e o Flamengo precisa encarar uma surpresa. Jornais portugueses informam durante toda esta terça uma provável transferência de Jorge Jesus para o Benfica. O técnico rubro-negro é o favorito da torcida benfiquista para substituir Bruno Lage, que pediu demissão na última semana.

A notícia caiu como uma bomba na imprensa brasileira. Para se ter uma ideia, das 14 perguntas feitas ao atacante Bruno Henrique na coletiva de imprensa, concedida nesta tarde, cinco foram em relação ao treinador. O próprio Bruno Henrique ficou surpreso, mas respondeu sobre a possível saída de Jorge Jesus, e revelou o que pode influenciar no confronto da próxima quarta (8)

“Está saindo muito coisa aí pelo que estou vendo. Não sabia de tantas informações, mas acho que não afeta nada. O mister é um cara bem centrado, ele até briga quando ficamos voando nos treinos. Ele gosta que fiquemos centrados e focados no que estamos fazendo. Queremos e esperamos que ele fique, é um cara que é o comandante de nosso elenco, é o cara que nos dá toda atenção, nos deixa bem à vontade para fazer nosso trabalho. Cabe a ele olhar o que for melhor pra ele, para a família dele, para a vida dele, mas tenho certeza de que o mister está muito à vontade aqui no Flamengo”.

Leia Também:  Comitê de Clubes prepara edital para novembro, mas não adianta valor

Jorge Jesus tem contrato com o Flamengo até maio de 2021. Segundo a imprensa portuguesa, o técnico seria contratado pelo Benfica com um salário de 7 milhões de euros por ano. O mister poderia deixar o rubro-negro após o fim do Campeonato Carioca.

Ouça na Rádio Nacional

A competição, por sinal, pode terminar nesta quarta. Se o Flamengo derrotar o Fluminense, será o campeão estadual, uma vez que venceu a Taça Guanabara e tem a melhor campanha no geral.

Atual campeão carioca, brasileiro e da Libertadores da América, o Fla é apontado como grande favorito. O tricolor ainda não marcou um gol sequer desde o retorno da competição, e o rubro-negro ainda não sofreu gol. Entretanto, Bruno Henrique pede cautela: “Clássico não tem favorito. Eles não fizeram gol desde a volta do campeonato, mas amanhã pode ser que façam. Tomara que não. Nosso time também não tomou gol e quer continuar assim. Temos totais condições de ganhar o título, mas sabemos que o Fluminense tem um time muito qualificado. Jogaremos da mesma forma que jogamos com qualquer equipe, mas jogo é jogado. Não sabemos o que pode acontecer, mas vamos entrar em campo ligados, focados para não ter surpresas”.

Leia Também:  Turquia confirma que Ligas de Futebol vão retornar em junho

Flamengo e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira (8), no Maracanã, às 21h30min, pela final da Taça Rio. A decisão será transmitida pelo canal oficial do tricolor no Youtube, a FluTV.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA