GERAL

Festival tradicional do bairro da Liberdade será online neste domingo

Publicados

em


.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, um dos maiores festivais japoneses de rua do bairro da Liberdade, na capital paulista, será realizado de forma online neste ano. A 42ª edição do Tanabata Matsuri, mais conhecido como Festival das Estrelas, será realizado amanhã (2) com programação online e também por meio de drive-thru, em que as pessoas não precisarão sair do carro. A festa de rua costumava atrair cerca de 200 mil pessoas ao local, segundo os organizadores.

A programação cultural ocorrerá das 14h às 18h e os tradicionais tanzakus, pedidos que as pessoas escrevem em um papel colorido e amarram em um bambu, também estarão disponíveis online. Com isso, as pessoas poderão escrever seus pedidos por R$ 5, de quaisquer partes do país.  A programação poderá ser acompanhada pelo Youtube (@AcalLiberdade) da Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal). Já os pedidos poderão ser feitos até o dia 21 de agosto por meio do site do evento.

Quem preferir, poderá também entregar o seu pedido (tanzakus) e pendurar em um bambu por meio de um serviço drive-thru, que funcionará no bairro das 10h as 17h, com entrada pela rua Fagundes. O serviço, segundo os organizadores, vai obedecer todas as medidas de proteção contra o novo coronavírus, buscando evitar aglomeração.

Leia Também:  EUA chegam a 2,5 milhões de infectados e 125 mil mortes por coronavírus

“Da maneira que realizamos o Tanabata Matsuri há 41 anos, não será possível nesta edição por causa da pandemia. Mas os diretores da Acal não gostariam de passar essa data em branco e optaram por realizar o 42° evento em formato digital. E, se esse vírus veio do Universo, solicitamos para o deus do reino celestial que essa pandemia seja retirada do nosso planeta Terra. Este é o nosso desejo. Quanto mais pessoas escreverem nos tanzakus o mesmo desejo, mais pedidos serão levados ao reino celestial para serem atendidos. Desejamos que tudo volte ao normal”, disse Hirofumi Ikesaki, presidente da associação.

A lenda

Segundo a lenda japonesa, o Tanabata Matsuri – Festival das Estrelas – celebra a história de amor de Orihine (Vega) e Kengyu (Altair). Ela, filha de um poderoso deus do reino celestial, que certo dia, diante de seu tear, viu passar um rapaz (Altair) conduzindo uma ovelha e por ele se apaixonou. O pai consentiu o namoro dos dois jovens.

Totalmente dominados pela paixão, Vega e Altair se descuidaram de seus afazeres normais e o pai, indignado, ordenou que eles vivessem separados, um de cada lado da Via Láctea, permitindo que o casal de namorados se reencontre somente uma vez ao ano, no sétimo dia do sétimo mês, desde que cumpram a ordem de atender aos pedidos vindos da Terra.

Leia Também:  Lei Geral de Proteção de Dados é adiada para maio de 2021

Este fenômeno astronômico deu origem à lenda, acreditando-se também que as demais estrelas e corpos celestes do céu, como cometas e estrelas cadentes, formem nesta época uma ponte na Via Láctea, chamada de Ama-no-Gawa, “Rio Celestial”, possibilitando que os apaixonados possam atravessar a galáxia para se reencontrarem.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Publicados

em


.

O Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro trabalha, pelo terceiro dia consecutivo, no combate a um incêndio florestal de grandes proporções que atinge o Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), que tem 20.024 hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim, na região serrana do estado.

Hoje (6), mais dez profissionais de juntaram aos 70, incluindo bombeiros militares, guarda-parques, brigadistas e agentes de órgãos externos que já atuavam ontem na operação de combate ao fogo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o trabalho é feito em duas frentes para extinguir as chamas na área de proteção ambiental. A operação contra com o apoio de 16 viaturas e um helicóptero que tem sido usado para jogar água nos locais atingidos.

Segundo os bombeiros, as causas do incêndio continuam desconhecidas, mas ontem havia suspeita de que o fogo pode ter começado com a queda de um balão. Participam da ação no Parnaso integrantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), da Defesa Civil e da Guarda Civil de Petrópolis.

Leia Também:  Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 24 milhões

Ontem a estimativa era de que cerca de 100 hectares tinham sido atingidos pelo incêndio. Hoje a área pode ter chegado a 200 hectares.

Parnaso

O Parque Nacional da Serra dos Órgãos é uma unidade de conservação federal de proteção integral, subordinada ao ICMBio, com a intenção de preservar amostras representativas dos ecossistemas nacionais.

Criado em 30 de novembro de 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país. É um local que costuma ser procurado para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada, e rapel e para visitas às cachoeiras. Conforme o ICMBio, o parque tem a maior rede de trilhas do Brasil, com mais de 200 quilômetros em todos os níveis de dificuldade: desde a trilha suspensa, acessível até a cadeirantes, à pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 quilômetros de subidas e descidas pela parte alta das montanhas.

De acordo com o ICMBio, o parque abriga mais de 2.800 espécies de plantas catalogadas pela ciência, 462 espécies de aves, 105 de mamíferos, 103 de anfíbios e 83 de répteis, incluindo 130 animais ameaçados de extinção e muitas espécies endêmicas que só ocorrem no local.

Leia Também:  Afuá, na Ilha do Marajó, aguarda distribuição de cestas básicas

O ICMBio informou que o incêndio foi detectado na manhã da terça-feira (4) na parte alta do parque na trilha da travessia Petrópolis X Teresópolis na área do Chapadão, próximo da Pedra do Morro do Açu.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA