Giro pelo Brasil

Veja vídeos – Cuiabanos passam momentos de tensão em ataque em aeroporto

Publicados

em

Reprodução

Cuiabanos que estavam no Aeroporto de Guarulhos na noite de domingo (11) passaram momentos de tensão ao presenciarem uma funcionária da Gol sendo feita refém. Um policial militar estava muito nervoso e agarrou a mulher. Ele dizia que estava com uma bomba e exigia presença da Polícia Federal.

Havia muitos passageiros na sala de embarque, esperando por seus voos. Diante do tumulto, um cuiabano filmou a ação do PM em surto e disse que eles estavam esperando para voltar a Cuiabá e estava tudo parado por causa do ataque.

“O pessoal chegou, o cara falou que está com uma bomba. Embarcando para Cuiabá você se depara com essa situação”, relata o cinegrafista.

Segundo informações, o homem estava no local e abordou a vítima em um dos portões. Com uma caneta, ele ameaçava a trabalhadora e exigia a presença Polícia Federal.

Em um trecho de vídeo que circula nas redes sociais, ele fala que só trabalha e estuda. Que cursa medicina e que não tem motivo para se suicidar. Também falava frases desconexas e cita “corrupção”.

Leia Também:  05/05: Boletim coronavírus por todo Brasil

Ele fala que por não se render a corrupção, se tornou carta marcada. “Eles fazem a cagada, faz a corrupção e suicida um policial bom”, grita o homem enquanto segura a vítima.

Após minutos de negociação com a Polícia federal, ele soltou a funcionária e foi preso.

Segundo a Gol, não houve cancelamento de voos por conta do ocorrido e a servidora não foi ferida.

Confira nota
A GOL está ciente do ocorrido no Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU Airport) e informa que está dando todo o suporte necessário à colaboradora, que não sofreu quaisquer ferimentos e encontra-se bem. A Polícia Federal está no comando das investigações e a Companhia está à disposição para prestar todo o suporte necessário. A ocorrência ficou restrita à sala de embarque do aeroporto e o envolvido no caso não era passageiro da GOL em nenhum dos seus trechos de origem ou destino.

 

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Governo de SP anuncia investimento de R$ 180 milhões no setor cultural

Publicados

em


O governo de São Paulo vai investir R$ 180 milhões em projetos culturais no estado paulista. O investimento será destinado a 9.340 projetos de artistas, produtores culturais e prefeituras que vão ser selecionados por chamadas públicas e curadorias independentes. O anúncio foi feito hoje (11) pelo governador do estado, João Doria.

O objetivo do governo é estimular a retomada das atividades culturais e criativas, que foram fortemente impactadas pela pandemia do coronavírus. A expectativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa é gerar até 138 mil postos de trabalho e um impacto econômico de R$ 300 milhões.

O investimento será feito por meio de três programas de fomento: o Programa de Ação Cultural (ProAC) Expresso Editais; o ProAC Expresso Direto; e o Juntos pela Cultura.

Além desse investimento estadual, o governo vai utilizar também recursos da Lei Aldir Blanc. Neste caso, serão utilizados mais R$ 18 milhões para 11 linhas de prêmios nas áreas de teatro, dança circo, literatura, artes visuais, música, audiovisual e Pontos de Cultura.

Para o ProAC Expresso Editais, serão destinados R$ 60 milhões. Esse investimento oferece 36 linhas de fomento, entre elas uma voltada para projetos culturais relacionados ao Centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, outra para propostas relativas ao Bicentenário da Independência do Brasil e a última para primeiras obras de artistas iniciantes.

Leia Também:  Câmara de Cuiabá exonera 431 servidores até o dia 31

O ProAC Expresso Direto, que substitui o ProAC Expresso ICMS, de incentivo fiscal à cultura, mantém o mesmo valor de investimento de R$ 100 milhões, em quatro linhas de fomento.

O Juntos pela Cultura é um programa de fomento e difusão online e presencial que prevê parcerias com prefeituras. Neste ano, serão oferecidas quatro novas linhas, entre elas a #ArteUrbanaSP, dirigida a municípios para apoio à realização de murais de arte urbana e composição de galerias a céu aberto, e o #MaisGestãoSP, de capacitação em políticas públicas para a economia criativa voltado a gestores públicos municipais. Neste programa, serão oferecidas, ao todo, 12 linhas, sendo sete para municípios, quatro para artistas e uma para organizações, com um valor total de R$ 20 milhões.

Mais informações sobre os programas podem ser obtidas no site.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA