MATO GROSSO

CGE inicia neste mês auditoria para avaliar pavimentação de rodovias

Publicados

em


A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) inicia, neste mês de novembro, auditoria para avaliar a execução das obras de pavimentação de rodovias estaduais estabelecidas no Programa Mais Mato Grosso. O objeto do trabalho é uma das 86 ações governamentais previstas para serem auditadas pela CGE entre os anos de 2021 e 2023, numa nova abordagem do controle interno, a qual prioriza os programas de governo que tenham impacto direto na vida da sociedade.

A análise será voltada, especificamente, à ação governamental nº 1287, vinculada à Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), a qual visa à pavimentação asfáltica de 1.192 quilômetros de rodovias em várias regiões do Estado até o ano de 2023, com investimentos no valor global de R$ 1.479.162.287,06.

O trabalho terá natureza de auditoria integrada, ou seja, serão avaliados não somente aspectos de conformidade e legalidade processual, mas, principalmente, analisadas a eficiência, a eficácia e a efetividade das obras.

“A prioridade será verificar se a execução das obras atende às necessidades para as quais foram programadas, de aumentar a quantidade de rodovias estaduais pavimentadas, viabilizar grandes eixos logísticos do Estado e melhorar a qualidade das rodovias estaduais”, pontua o secretário-adjunto de Auditoria e Controle da CGE, José Alves Pereira Filho.

Leia Também:  Com 92 testes de alcoolemia realizados, Lei Seca prende 13 pessoas por embriaguez ao volante

Pré-auditoria

Para realizar a auditoria, a CGE elaborou projeto (pré-auditoria) no qual foram definidos, de maneira preliminar, 18 trechos prioritários a serem auditados com base em matriz de riscos e controles formatada considerando os aspectos de materialidade, relevância, vulnerabilidades e oportunidade. 

Para a elaboração do projeto, foram realizadas consultas aos sistemas eletrônicos governamentais, entrevistas com os responsáveis pelas ações e gestores competentes, análises de informações documentais e levantamento de trabalhos anteriores realizados pela Controladoria na área em questão.

Cronograma

A primeira etapa do trabalho consistirá em inspeções in loco às obras para análise da execução física dos serviços de pavimentação e terraplenagem.

Nos meses de novembro e dezembro/2021, serão vistoriadas as obras nos seguintes trechos: MT-251 (contorno norte de Cuiabá/Várzea Grande), MT-400/351 (Distrito de Aguaçu/Cuiabá), MT-343 (Cáceres/Barra do Bugres), MT- 492/249 (São José do Rio Claro /Nova Maringá), MT-220 (Porto dos Gaúchos), MT-208 (Aripuanã), MT-208 (Cotriguaçu/Alta Floresta) e MT-206 (Paranaíta/Apiacás).

À medida que as vistorias forem sendo realizadas, a equipe emitirá relatórios parciais à Sinfra para a adoção de medidas imediatas que se fizerem necessárias. As constatações das inspeções também servirão para planejamento das novas fases do trabalho.

Leia Também:  Plano de concessão de rodovias no PR pode ter pedágio 50% mais barato

Outra etapa seguinte da auditoria será a análise dos aditivos e processos de pagamentos. Ao final de todas as análises, o trabalho será consolidado em um documento com as conclusões e recomendações.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Quarta-feira (19): Mato Grosso registra 585.967 casos e 14.158 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (19.01), 585.967 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.158 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 3.594 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 585.967 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.510 estão em isolamento domiciliar e 552.498 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 131 internações em UTIs públicas e 147 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 69,31% para UTIs adulto e em 30% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (116.406), Várzea Grande (42.941), Rondonópolis (39.303), Sinop (27.865), Tangará da Serra (19.357), Sorriso (18.713), Lucas do Rio Verde (16.474), Primavera do Leste (15.901), Cáceres (13.009) e Alta Floresta (11.946).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Médicos de MT assinam manifesto a favor de ivermectina e cloroquina para a covid

Sistemas instáveis

Devido à instabilidade dos sistemas do Ministério da Saúde ocorrida nas últimas semanas, não foi possível atualizar os dados do Ranking da Vacinação em Mato Grosso e o número de casos e óbitos da Covid-19 no País. Os dados serão atualizados e divulgados assim que forem restabelecidos o acesso da SES aos sistemas do Governo Federal.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

Leia Também:  Leilões de bens provenientes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro somam quase R$ 8 milhões

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA