Saúde

CORONAVAC: UFMT busca voluntários para teste da vacina contra covid

Publicados

em

Marcelo Camargo/ABr

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) está recrutando voluntários para os testes da vacina contra a covid-19, a CoronaVac. Podem se inscrever profissionais da saúde que atuam diretamente no combate à pandemia. Os testes são realizados no Hospital Universitário Júlio Müller.

O novo chamamento é realizado porque poucas pessoas se apresentaram como voluntários. A meta é ter 800 participantes, mas, atualmente, apenas 160 voluntários fazem os testes. Podem se candidatar médicos, enfermeiros, bioquímicos, farmacêuticos, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, fonoaudiólogos, dentistas, com registro em conselho de classe e que estejam atuando no combate à covid-19.

Desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, a vacina é uma das 10 que no mundo todo se encontram na fase 3, penúltima antes da aprovação, e até o momento tem apresentado resultados promissores segundo os pesquisadores do Instituto Butantan e demais estudiosos envolvidos no estudo.

Em Mato Grosso os testes começaram em outubro, chegou a ser suspenso em novembro e foi retomado no último dia 11.

Leia Também:  Domingo (05): Mato Grosso registra 21.081 casos e 821 óbitos por Covid-19

“É super normal durante o desenvolvimento de um ensaio clínico haver suspensões e interrupções por parte dos organismo regulatórios, exatamente porque um evento adverso grave tem que ser analisado primeiro. O fato que gerou espanto é que todas as informações que já haviam sido repassadas para a Anvisa já mostravam que não havia relação entre o óbito e a vacina, mas ela achou por bem interromper e reanalisar, e dessa reanálise foi concluída hoje que não tem relação mesmo e nós já retomamos a condução do ensaio em Cuiabá”, explica o coordenador da pesquisa e professor Cor Jesus Fernandes Fontes.

Em relação a eficácia, a expectativa dos pesquisadores envolvidos na pesquisa da CoronaVac é de que o imunizante ofereça a proteção necessária, principalmente por utilizar uma tecnologia bastante tradicional, diz Cor Jesus. Essa vacina utiliza uma versão inativa do vírus, obtido de cultura de célula.

Isso significa que o vírus, inteiro, foi exposto ao calor e substâncias químicas até não ser capaz de se reproduzir e representar riscos ao paciente. Feito isso, a inoculação é feita no organismo, que desenvolve formas de combater a doença sem deixar o indivíduo enfermo.

Leia Também:  Domingo (14): Mato Grosso registra 6.108 casos e 213 óbitos por Covid-19

Os interessados devem se candidatar às vagas pelos telefones (65) 3615-7319 e (65) 98466-5246, ou WhatsApp (65) 98466-5246. Mais informações pelos e-mails [email protected] e [email protected]

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Terça-feira (24): Mato Grosso registra 156.177 casos e 4.107 óbitos por Covid-19

Publicados

em

Um total de 123.141 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) - Foto por: Tchélo Figueiredo | Secom
Há 132 internações em UTIs públicas e 130 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 32% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (24.11), 156.177 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.107 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 725 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 156.177 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.276 estão em isolamento domiciliar e 146.353 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 132 internações em UTIs públicas e 130 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 32,75% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (34.039), Rondonópolis (11.602), Várzea Grande (10.996), Sinop (8.212), Sorriso (6.680), Lucas do Rio Verde (6.117), Tangará da Serra (6.020), Primavera do Leste (5.232), Cáceres (3.614) e Nova Mutum (3.282).

Leia Também:  Cinco hospitais brasileiros testarão plasma sanguíneo contra Covid-19

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 123.141 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 365 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional 

Na última segunda-feira (23), o Governo Federal confirmou o total de 6.087.608 casos da Covid-19 no Brasil e 169.485 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 6.071.401 casos da Covid-19 no Brasil e 169.183 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de terça-feira (24).

Recomendações 

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia Também:  PM define efetivo com mais de 1.440 policiais para atuar no pleito eleitoral em MT

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA