24 óbitos nas últimas 24 horas

Domingo (28): Mato Grosso registra 14.654 casos e 556 óbitos por Covid-19

Publicados

em

Internet

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (28.06), 14.654 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 556 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

As 24 mortes mais recentes envolveram residentes de Várzea Grande, Cuiabá, Rondonópolis, Presidente Prudente (SP), Rosário Oeste, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Barra do Garças e Porto Esperidião.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19 estão Cuiabá (3.570), Várzea Grande (1.165), Rondonópolis (1.117), Sorriso (652), Primavera do Leste (580), Tangará da Serra (533), Lucas do Rio Verde (497), Nova Mutum (416), Sinop (378), Campo Verde (331), Pontes e Lacerda (314), Confresa (311), Cáceres (260), Barra do Garças (199), Campo Novo do Parecis (194), Querência (177), Sapezal (158), Alta Floresta (146), Nossa Senhora do Livramento (142) e Jaciara (136).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.

Leia Também:  Ministério Público ingressou com ação para paralisar as atividades em Cuiabá e Várzea Grande

Nas últimas 24 horas, surgiram 534 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas oito ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, um caso anteriormente notificado em Várzea Grande foi reposicionado para Nossa Senhora do Livramento, município de residência do paciente.

Dos 14.654 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.356 estão em isolamento domiciliar e 5.144 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 224 internações em UTI e 264 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 94,1% para UTIs e em 32,3% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,5% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,5% masculino; além disso, 3.991 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 17.970 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.366 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Leia Também:  Terça-feira (29): Mato Grosso registra 123.112 casos e 3.445 óbitos por Covid-19

Fonte: Saúde-MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Seplag disponibiliza material para orientar elaboração do Plano de Trabalho Anual de 2022

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) disponibilizou em seu site o material orientativo para subsidiar órgãos e entidades do Executivo estadual no processo de elaboração do Plano de Trabalho Anual (PTA) de 2022.

A elaboração do PTA é realizada em conjunto com a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e é a partir dela que será consolidada a proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022. A abertura dos trabalhos foi oficializada por meio da publicação da Portaria Conjunta n° 46/2021 no Diário Oficial Eletrônico (DOE).

O PTA é um instrumento gerencial de curto prazo que permite especificar o detalhamento das ações de governo em termos de produto, responsáveis, prazos, tarefas, insumos e custos necessários para a entrega das metas anuais, compondo os programas de trabalho da LOA, explicou o secretário da Seplag, Basílio Bezerra.

“O PTA quando bem planejado, contribui para que o orçamento público também seja bem alocado, executado e alcance os objetivos de governo previamente estabelecidos pelos órgãos e entidades do Estado, ou seja, entregas efetivas à população mato-grossense”, acrescentou Basílio ao ressaltar que a orientação realizada pela Seplag ocorre durante todo o procedimento de elaboração. “O objetivo é promover a melhoria contínua do processo de programação dos recursos e do alcance dos resultados de governo”, completou.

Leia Também:  Nuun recebe multa e tem atividade de 'boate' suspensa em fiscalização

De acordo com a equipe técnica da Secretaria Adjunta de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas da Seplag, coordenadora geral do processo, também já está disponível para consulta no site da pasta o Manual Técnico de Planejamento e Orçamento (MTPO) de 2022 e o Relatório da Consulta Pública Eletrônica da LOA de 2022. Este último reúne as contribuições feitas pela população durante a consulta pública organizada pela Sefaz para subsidiar as áreas de governo na construção dos seus orçamentos.

“O PTA possui extrema relevância no ciclo da gestão pública estadual, pois auxilia no processo decisório quanto a melhor utilização dos recursos públicos disponíveis, tanto na fase de formulação do instrumento como durante a sua execução”, afirmou o secretário adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas, Sandro Brandão.

Para ter acesso a base legal, manuais e vídeos tutoriais que orientam o processo de elaboração do PTA, clique aqui.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA