MATO GROSSO

Empaer orienta produtores sobre cuidados com rede de energia elétrica

Publicados

em


A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistências e Extensão (Empaer) alerta produtores, agricultores e pecuaristas sobre os cuidados com as redes de energia elétrica. Propriedades onde haja linhões de alta tensão devem ter atenção redobrada.

Os períodos mais críticos para a ocorrência de acidentes são a colheita, a preparação do solo e os períodos de chuvas – durante o manuseio de máquinas de médio e grande porte. Nessas épocas, o produtor precisa fazer o planejamento das atividades para evitar acidentes e preservar vidas.

Desde 2021, quatro pessoas morreram em acidentes fatais relacionado à atividade agrícola. O último ocorreu na semana passada, no município de Querência (945 km a nordeste de Cuiabá), que resultou na morte de um jovem de 21 anos que sofreu uma descarga elétrica durante o manuseio de um maquinário.

O coordenador de Assistência Técnica e Extensão Rural da Empaer, Fabrício Ramos, ressalta a preocupação com a gravidade dos acidentes, por isso orienta os produtores e demais trabalhadores do campo quanto às ações preventivas, considerando as recomendações da empresa de distribuição de energia elétrica.

“Todo cuidado e atenção são fundamentais durante as execuções dos trabalhos. Evitar acidente é preservar a saúde e a vida do trabalhador do campo”.

Leia Também:  Governador e primeira-dama recepcionam e participam de eventos com Presidente da República

O técnico em segurança do trabalho da Energisa, Alex Carvalho de Oliveira, também destaca que é muito importante o operador de máquinas, antes de iniciar suas atividades, projete o trabalho mapeando muito bem os trechos com rede elétrica. “Há uma preocupação muito grande, por exemplo, com máquinas que usam GPS como referência para se guiar, porque pode ocorrer de atingir estruturas, como torres e postes de redes elétricas”.

Segundo ele, outro ponto de atenção é fazer o içamento de cargas próximo do sistema elétrico. “Se o trabalho for mal calculado, pode atingir um condutor energizado, devido ao risco, o acidente pode ser fatal”, conclui Alex.

Dez dicas de segurança:

1 – Planejar os trabalhos observando a distância de segurança (altura e largura) em que a máquina ou o equipamento manterão da rede elétrica;

2 – Caso os fios da rede estejam próximos, não se aproxime ou toque neles;

3 – Ao manusear as máquinas agrícolas, desvie dos estais (cabos de aço que prendem os postes ao chão);

4 – Mantenha distância mínima de 5 metros de qualquer estrutura elétrica ao manobrar veículos ou equipamentos, carga e descarga de caminhões;

Leia Também:  Joelma e Ximbinha enfrentam batalha na justiça sobre pensão de filha

5 – Caso o veículo venha a encostar na rede elétrica, o motorista jamais deve tentar sair do maquinário. Neste caso, deve-se chamar imediatamente a distribuidora, que desligará o fornecimento antes de resgatar o condutor;

6 – Nunca estacione máquinas agrícolas debaixo da rede elétrica;

7 – Cuidado para não tocar na rede elétrica quando subir em uma árvore para colher frutas ou para realizar uma poda;

8 – Tenha cuidado com os equipamentos de irrigação. Não deixe o jato de água dos irrigadores atingir os fios elétricos;

9 – Nunca se aproximar ou tocar em cabos elétricos caídos no chão. Se encontrar um fio elétrico caído, o mais adequado é sinalizar a área para que ninguém se aproxime e avisar imediatamente a distribuidora de energia;

10 – Não faça queimadas perto das linhas de transmissão ou de distribuição. Além de colocar em risco a vida da população, essa prática pode danificar as estruturas do sistema elétrico, causando a queda dos postes e torres, provocando curtos-circuitos, o rompimento de cabos e interrompendo o fornecimento de energia para regiões ou até cidades inteiras.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Prêmio de Ponto de Esporte e Lazer garante realização de 1º campeonato de jiu-jitsu para projetos sociais

Publicados

em


A premiação de seleção pública promovida pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) está possibilitando a realização do 1° Campeonato Mato-grossense de Jiu-Jitsu para Projetos Sociais. Realizada pela Associação de Artes Marciais Esportivas Peniel (AAMEP), com recursos do edital Pontos de Esporte e Lazer, a competição busca reunir, em Sapezal (MT), instituições sociais de todo o Estado e dar visibilidade à prática de artes marciais. 

“A realização do campeonato estadual está sendo possível graças à premiação no edital Pontos de Esporte e Lazer da Secel. Já temos alguns municípios inscritos e esperamos receber inscrições de todo o Estado. Será um evento bacana, com abertura cultural e competições, que ajudarão a mostrar a importância do esporte como ferramenta de inclusão social”, informa Eberson Godofredo, diretor técnico da AAMEP.

A instituição atende gratuitamente mais de 200 crianças e jovens, com idade entre 7 e 17 anos, em situação de vulnerabilidade social, oferecendo aulas de jiu-jitsu. Premiada em duas edições do edital Pontos de Esporte e Lazer da Secel, conseguiu fortalecer ainda mais o trabalho social e esportivo, que desenvolve desde 2017, em Sapezal. Além da realização da competição estadual de jiu-jitsu para projetos sociais, os prêmios financeiros possibilitaram a compra de materiais e equipamentos para a prática das atividades. 

Leia Também:  Ciclo de palestras capacita agricultores do Distrito de Aguaçu sobre produção sustentável

“Temos muita satisfação por contribuir com essas ações, que garantem o acesso ao esporte e ao lazer por todo o Estado. Parabéns à Associação de Artes Marciais de Sapezal pelo alcance e a eficiência do trabalho desenvolvido! Que este campeonato possibilite o encontro de outros tantos projetos sociais, que levam esporte e cidadania às comunidades”, destaca o titular da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

O Campeonato de Jiu-Jitsu para Projetos Sociais

Direcionada a atletas com idade máxima de 18 anos, a competição será realizada no Ginásio Poliesportivo Everton de Souza, em Sapezal, nos dias 16 e 17 de julho. Todos os atletas e comissão técnica terão hospedagem econômica e alimentação oferecidas pela organização durante os dias do evento. 

O valor social da inscrição é de 1kg de alimento não perecível (arroz, feijão, macarrão, trigo ou óleo). Além de associações e projetos sociais, academias e clubes também podem se inscrever no evento. Inscrições podem ser feitas pelo site www.atletis.com.br (link direto ao formulário aqui)

Até o momento, já confirmaram presença atletas dos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Tangará da Serra, Nortelândia, Colniza, Comodoro, Campo Novo do Parecis, Nova Olímpia, Sapezal e Vilhena (RO). 

Leia Também:  Concessionárias de energia elétrica e água e esgoto aderem comunicação eletrônica com Procon-MT

Serviço

1° Campeonato Mato-grossense de Jiu-Jitsu para Projetos Sociais

Inscrições pelo site: www.atletis.com.br

Contatos para mais informações: [email protected] / (65) 99209-9686  

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA