MATO GROSSO

Fundação Nova Chance e PM firmam parceria para contratação de recuperandos

Publicados

em


A Fundação Nova Chance (Funac), vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), firmou, nesta segunda-feira (22.11), dois Termos de Cooperação com a Polícia Militar de Mato Grosso. A assinatura dos documentos, possibilitam a contratação da mão de obra dos reeducandos do regime fechado e semiaberto na prestação de serviços gerais nas unidades e Batalhões da Polícia Militar. 

Com a oficialização, os recuperandos do semiaberto serão selecionados pela Funac e do regime fechado pelas unidades penais, mediante prévio requerimento da Polícia Militar endereçado à Funac.

Inicialmente, as atividades laborais serão realizadas na Força Tática, 3º Batalhão da Polícia Militar, Raio e Rotam. O horário de trabalho deve ser realizado das 8 horas às 17 horas, respeitando o intervalo do almoço e descanso. 

Cabe ainda ao contratante garantir alimentação, fornecer o transporte ou vale-transporte, Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e a remuneração em um salário mínimo vigente no país.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, destacou a importância da assinatura deste termo e a oportunidade profissional para essas pessoas. 

Leia Também:  Parceria com o Estado possibilita alfabetização de adultos em Várzea Grande

“Quero agradecer a Sesp e a Funac, pois esta mão de obra dos reeducandos para manutenção dos nossos batalhões é muito importante. Nós já tivemos a experiência da contratação dos recuperandos para trabalhar em alguns batalhões. Esse termo é mais um passo na nossa luta pela ressocialização e combate à criminalidade”, pontuou o comandante da PM.

De acordo com a diretora executiva da Funac, Michelli Egues, a ressocialização pelo trabalho é a oportunidade que auxilia o recuperando ter uma nova perspectiva de vida, além de poder ajudar a família. 

“O termo é importante, pois oportuniza trabalho remunerado para as pessoas presas e egressos do Sistema Prisional. A partir do trabalho inicia-se uma nova fase na vida da pessoa, que é o resgate da sua dignidade, com o custeio de suas despesas pessoais e da família, além de garantir disciplina e interesse em recomeçar”, destacou. 

Para cada três dias trabalhados, é descontado um dia da pena da pessoa privada de liberdade, como também do egresso do regime semiaberto.

Leia Também:  Parceria resulta em lei que levará justiça restaurativa às escolas municipais de Primavera do Leste

(Com supervisão de Débora Siqueira) 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governador: “Se com logística desfavorável, MT chegou onde chegou, imagina agora com os fortes investimentos do Governo”

Publicados

em


Durante o fórum “Mato Grosso Um Gigante do Brasil”, o governador Mauro Mendes falou das perspectivas do estado para os próximos anos e afirmou que os investimentos do Governo de Mato Grosso tem alavancado o setor econômico e social.

A abertura do fórum ocorreu na noite de sexta-feira (26.11) e contou com a presença do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, além de políticos mato-grossenses e empresários de todo o país.

“Hoje o Estado tem um relevante papel no agronegócio brasileiro. Mas podemos crescer muito mais. Nos próximos 10 anos a demanda mundial de alimentos vai crescer em torno de 20%. Só o brasil pode crescer isso em produção. E dentro do Brasil, só Mato Grosso tem capacidade para dobrar sua produção”, relatou.

A exigência global pela compra de produtos com origem sustentável foi destacada pelo governador, ao mencionar que Mato Grosso tem uma das metas mais ousadas de redução de carbono, que é a de neutralizar as emissões até 2035.

Leia Também:  Captação de órgão realizada em MT proporcionará chance de vida à paciente de Goiás

“Quando eu falo que Mato Grosso pode dobrar sua produção, considero essa exigência do mercado internacional pela sustentabilidade. A ampla maioria dos produtores já tem ciência disso e respeita a legislação. E mais: hoje nosso estado pode expandir muito a produção sem precisar de desmate ilegal”, afirmou.

Outro fator que tem tornado a economia mato-grossense mais competitiva, conforme Mauro Mendes, é a melhoria da logística, que ocorre por meio dos fortes investimentos do Governo do Estado por meio do programa Mais MT.

“Vamos terminar 2022 com mais de 2500 km de asfalto novo, em todas as regiões. Milhares de pontes de concreto e de aduelas substituindo balsas e pontes precárias de madeira. Asfalto restaurado são outros milhares de km. E também autorizamos a Ferrovia Estadual, outro marco inédito no país”.

“Ao longo das décadas conseguimos construir, mesmo longe dos portos, o agronegócio mais competitivo do mundo. Superamos essa dificuldade. Se com logística desfavorável, Mato Grosso chegou onde chegou, imagina agora com esses fortes investimentos do Governo”, destacou.

Leia Também:  Judiciário faz parceria para instalação de Posto de Registro de Nascimento em hospital de Brasnorte

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, endossou a fala e afirmou que Mato Grosso tem dado exemplo de competitividade econômica.

“Quando eu vejo o governador falar do que foi feito em Mato Grosso, tenho certeza que os frutos serão colhidos no futuro em termos de produtividade, em avanço para a população. O Mato Grosso na sua importância agroindustrial é um exemplo para o Brasil”, pontuou.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA