MATO GROSSO

Google Day ensina como desenvolver sites rápidos pelo MTI Google Workspace eCrypto

Publicados

em


A quinta edição do #GOOGLEDAY vai ensinar como criar sites interessantes, com alta qualidade e de forma colaborativa para equipes, projetos e eventos sem a necessidade de aprender design ou programação. O evento online será realizado no próximo dia 20 de outubro. As inscrições estão abertas.

O Google Sites é uma ferramenta disponibilizada pelo MTI Google Workspace eCrypto. Ele permite a criação de sites completos usando ferramentas e modelos prontos. Com recursos profissionais, o serviço oferece um endereço na web e permite escolher se o site ficará visível para mecanismos de pesquisa na web. A plataforma ainda permite que os usuários complemetem seus novos sites com outros recursos do MTI Google Workspace eCrypto, como planilhas, apresentações e formulários.

O evento online é aberto a todos os usuários do MTI Google Workspace eCrypto e será realizado entre às 9h e 11h do próximo dia 20. As inscrições se encerram no dia 19 de outubro. Para fazer a sua inscrição clique aqui ou aponte a câmera do seu celular para QR Code da arte.

Leia Também:  Malvino Salvador ensina filho a falar 'papai'; veja vídeo

O objetivo do #GOOGLEDAY é compartilhar conhecimento sobre a ferramenta desenvolvida em parceria com a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) e RW3 Tecnologia, solução de colaboração utilizada pelo poder Executivo estadual e outros órgãos de Mato Grosso.

O #GOOGLEDAY é uma iniciativa da MTI em parceria com a RW3 e com apoio da Secretaria Adjunta de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas e SECOM. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Ipem-MT interdita bomba de posto de combustível de Cuiabá por irregularidade

Publicados

em


Fiscais do Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT) interditaram uma das bombas de posto de combustíveis na região do Parque Cuiabá, na terça-feira (26.10). Durante a ação, realizada em parceria com a Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), foi constatado que um dos bicos da bomba apresentava vazão menor que o limite de tolerância.

De acordo com a diretora de fiscalização do Ipem-MT, Marli do Nascimento, a irregularidade traz prejuízo ao bolso do consumidor. “O bico recebia menor quantidade de combustível em relação ao valor cobrado do consumidor que abastecia no local”, explica.

Após a confirmação da irregularidade, o posto foi notificado para fazer a manutenção do instrumento irregular, que deverá ser realizada em oficina credenciada pelo Inmetro e após confirmada a regularização o equipamento é liberado para uso.

A penalidade é aplicada de acordo com a Lei nº 9933/1999, do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O valor da multa varia entre R$ 100,00 e R$ 1,5 milhão.

A operação ocorreu após denúncias de irregularidades em cinco postos da Capital. Entretanto, nos demais postos não foram identificadas irregularidades.

Leia Também:  Secretário de Saúde diz que nunca induziu prefeitos a fazer quarentena
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA