Retomada das obras

Governador recebe autorização do DNIT e determina nova licitação do Rodoanel

Publicados

em

Edital de licitação será lançado na próxima semana. Crédito da foto: DNIT
As obras serão realizadas em dois lotes, conforme autorização do DNIT. Edital de licitação do primeiro lote será publicado na próxima semana

O governador Mauro Mendes recebeu do superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Mato Grosso, Orlando Fanaia, a autorização para a execução do primeiro lote de obras do projeto do Contorno Norte de Cuiabá e Várzea Grande, conhecido como Rodoanel, e já determinou a realização de novo processo licitatório à retomada da obra.

O anúncio foi feito por Mauro Mendes durante reunião nesta terça-feira (25.08) junto com o superintendente Orlando Fanaia, o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, o secretário-adjunto de Obras Rodoviárias da Sinfra, Nilton de Britto, e o senador Wellington Fagundes, .

O projeto do Rodonael, que agora está dividido em dois lotes, prevê a implantação e pavimentação de 51,71 quilômetros, no trecho que vai do entroncamento da BR 070/163/364, em Cuiabá, até o entroncamento da BR-163/364, em Várzea Grande.

Neste primeiro lote serão realizadas as obras em 21,5 quilômetros do trecho da BR 163/364 em Várzea Grande até o entroncamento da MT-251, na Rodovia Emanuel Pinheiro, em Cuiabá. O investimento estimado é de R$ 237 milhões, com a contrapartida da União e do Governo do Estado.

De acordo com o governador, a autorização garante que essa importante obra para Mato Grosso seja retomada após mais de uma década paralisada e sendo alvo de vários imbróglios, inclusive uma tentativa do Governo do Estado de retomada.

Isso porque o Rodoanel chegou a ser licitado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) em outubro de 2019. Porém, a licitação foi revogada na fase de abertura dos envelopes do certame, em razão da determinação do DNIT, que exigiu adequações do edital. Na ocasião, o DNIT solicitou que o projeto fosse divido em dois lotes e, por se tratar de uma obra que será executada com recursos federais, a Sinfra fez a adequação.

Leia Também:  Idoso de 79 anos morre de coronavírus em Alta Floresta

“Recebemos a autorização formal do DNIT para que a Secretaria de Infraestrutura do Estado de Mato Grosso possa proceder com a licitação do Trecho 1 do Rodoanel. É uma obra que começou em 2006, 2007, paralisou, muitas confusões, ficou muito tempo paralisada. Muita gente trabalhou nesses últimos meses para pudéssemos destravar esta obra. Estão de parabéns todos os técnicos, profissionais, toda a bancada federal que tem ajudado nisso e principalmente os nossos servidores do Governo de Mato Grosso, através do secretário Marcelo Oliveira, que fizeram um trabalho excepcional”, afirmou o governador.

Ainda segundo Mendes, o Rodoanel vai proporcionar um salto de desenvolvimento para a região metropolitana de Cuiabá, pois vai desafogar o trânsito de veículos dentro da Capital, uma vez que todo o tráfego existente hoje nas rodovias federais terá outra rota que não vai interferir na vida da cidade. Além disso, vai melhorar o sistema viário da região e contribuir com a logística de todo o Mato Grosso.

“Agora temos a autorização formal do DNIT para colocar o lote 1 em licitação, que deve ser publicado nos próximos dias. É uma obra estimada, no primeiro momento, em mais de R$ 200 milhões, e é importante para a malha viária da cidade de Cuiabá, que vai melhorar muito a nossa logística urbana. Será a Miguel Sutil daqui a 50 anos”, disse.

Obras serão retomadas após mais de dez anos. Crédito da foto: DNIT

Com a autorização do DNIT, a Sinfra vai lançar o edital de licitação desse primeiro lote, que deve ocorrer na modalidade do Regime Diferenciado de Contratação Integrada (RDCI), já na próxima semana, de acordo com o secretário Marcelo de Oliveira.

Leia Também:  Em depoimento à PF, Ramagem nega amizade com a família Bolsonaro

“É uma satisfação muito grande estar nesse governo de realização, pois nós podemos anunciar à cidade de Cuiabá e Várzea Grande, e a todo o estado de Mato Grosso, que o Rodoanel efetivamente vai ser licitado. O edital estará à disposição de todos já na semana que vem, para que possam participar dessa concorrência”, informou o secretário.

Após a licitação, a empresa vencedora será responsável por elaborar os projetos básico e executivo do Rodoanel, que deverão ser aprovados pela Sinfra para que as obras possam ser efetivamente iniciadas. A previsão, segundo o secretário, é que esse primeiro lote seja executado em até 30 meses.

“É uma obra importante para o sistema viário. É um entroncamento de rodovias federais, por onde passam em torno de 40 milhões de toneladas de grãos.  É muito prazeroso para um governo, depois de anos com essa obra parada, finalmente poder anunciar o edital de licitação. Vamos dar sossego para aquela região de Várzea Grande e vamos dar uma outra opção ao trânsito da produção e outros produtos que passam por ali”, afirmou o secretário Marcelo.

Importante articulador junto ao DNIT para liberação do projeto, o senador Wellington Fagundes reforçou a importância da obra e destacou a empenho e trabalho do Estado e do DNIT para que esse primeiro lote do Rodoanel pudesse ser aprovado e, em breve, licitado.

“Essa obra beneficia o Brasil, pois ela interliga toda a região Norte com a região Sul, interliga toda a produção dessa região que depende de passar por aqui. Será uma obra que vai estruturar ainda mais Cuiabá e Várzea Grande, melhorando o fluxo viário e diminuindo o número de acidentes. Esse foi um trabalho longo que felizmente estamos conseguindo chegar aqui hoje. Ganham todos”, concluiu.

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

“Esse é um governo que realmente cumpre o que fala; trabalhamos com a confiança de que as coisas vão acontecer”, afirma prefeito

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso inaugurou nesta segunda-feira (27.06) 91,13 quilômetros de asfalto novo na MT-140, ligando os municípios de Campo Verde, Nova Brasilândia e Planalto da Serra. Durante a visita à região, o governador Mauro Mendes também inaugurou três pontes, asfalto novo e revitalização na MT-244 e anunciou investimentos de R$ 9,9 milhões para Nova Brasilândia.

Foram asfaltados três trechos da MT-140. Um de 9,97 km na Serra de Nova Brasilândia, outro de 28 km entre Campo Verde e Nova Brasilândia e um de 53,16 km até Planalto da Serra. Com isso, os municípios de Nova Brasilândia e Planalto da Serra passam a ter uma ligação direta por asfalto ao restante da malha rodoviária estadual.

Para o governador Mauro Mendes, esse é um momento histórico na logística e no desenvolvimento de Mato Grosso. “Uma enorme satisfação, enquanto cidadão mato-grossense, ver tanta coisa boa acontecendo no nosso Estado. Nada disso aconteceria se cada trabalhador não fizesse a sua parte”, afirmou.

Duas pontes de concreto também foram inauguradas na MT-140, sobre o Ribeirão dos Cavalos e o Rio Finca Faca, ambas com 92 metros de extensão. Essas pontes e o asfalto inaugurado, representam um investimento de R$ 135,6 milhões na rodovia.

“O que acontece aqui nos dá muito orgulho. Imagino essa região há 40 anos atrás, quanta dificuldade não se passou nessa estrada. Mas hoje, graças a Deus, o progresso chega aqui e em todos os cantos de Mato Grosso”, completou o governador.

O prefeito de Planalto da Serra, Natal de Assis, lembrou outros investimentos realizados na cidade, como o que vai garantir que todas as ruas da cidade sejam recuperadas e sinalizadas. “Esse é um governo que realmente cumpre o que fala. Trabalhamos com a confiança de que as coisas vão acontecer. Se eu falasse a metade do que eu gostaria de falar aqui, eu iria ficar duas horas falando. A palavra maior hoje é agradecimento”, afirmou.

Leia Também:  Em depoimento à PF, Ramagem nega amizade com a família Bolsonaro

O governo de Mato Grosso ainda inaugurou a revitalização de 60 km da MT-244 em Campo Verde, em parceria com a prefeitura, o asfalto de 30,87 km da MT-244 em Nova Brasilândia e uma ponte de 20 metros sobre o Rio Roncador, nessa mesma estrada, em parceria com a Associação Agrologística.

“Mato Grosso tem pressa e essa população aqui sofreu muito, com muitos anos transitando por estradas de chão. Tínhamos que retirar esses problemas do caminho. Esse governo faz muito pelo povo mato-grossense, esse povo que precisa do Estado e que lutou muito para que o asfalto chegasse”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira.

Além de garantir uma ligação asfáltica para Nova Brasilândia e Planalto da Serra, a MT-140 será uma das principais rodovias de Mato Grosso. O Governo de Mato Grosso já está asfaltando o trecho entre Planalto da Serra e Boa Esperança do Norte, distrito de Sorriso, para criar um corredor paralelo a BR-163, ligando a região Norte até Rondonópolis.

O deputado federal Neri Geller destacou que essas obras ajudam a resolver muitos problemas enfrentados pelos produtores rurais. “Falar da MT-140 é falar de uma rodovia paralela a BR-163, é falar de integração. O diálogo tem que estar sempre a frente, para que o resultado possa realmente acontecer e chegar até a nossa população”, afirmou.

O senador Wellington Fagundes destacou que o Governo pretende chegar ao fim do ano com 2.500 km de asfalto novo. “Olha essa estrada, que vai interligar Sorriso, o Nortão, chegando em Rondonópolis. Significa salvar vidas, descongestionando as estradas”, disse.

Leia Também:  MP alerta sobre empreendimentos irregulares instalados em zona rural

O produtor rural Eraí Maggi lembrou que, junto com a MT-140, está chegando a ferrovia, para também interligar Mato Grosso. “Não adianta só ferrovia e não adianta só estrada. Elas se completam. Isso vai baratear o frete e vai beneficiar todos, gerando mais renda, mais trabalho e emprego”, disse.

Já o deputado estadual Carlos Avalone, destacou a parceria do Governo com a Assembleia Legislativa, que aprovou leis que ajudaram o Estado a ter recursos para realizar importantes obras.

Durante evento realizado no Parque de Exposições de Planalto da Serra, o governador Mauro Mendes ainda assinou convênios para Nova Brasilândia. Foram destinados R$ 410 mil, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, para a realização da Expobras e das atividades culturais do aniversário da cidade. Mauro Mendes ainda autorizou a Sinfra-MT a licitar o asfaltamento do contorno de Nova Brasilândia, obra com valor estimado em R$ 9,5 milhões.

Estiveram presentes no evento os senadores Wellington Fagundes e Fábio Garcia, o deputado federal Neri Geller, os deputados estaduais Nininho, Paulo Araújo, Pedro Satélite e Carlos Avalone, secretário-chefe da Casa Civil, Rogério Gallo, secretária de Comunicação, Laice Souza, secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e os prefeitos de Planalto da Serra, Nova Brasilândia, Primavera do Leste, Campo Verde, Querência, Santa Rita do Trivelato, Chapada dos Guimarães, Poxoréu, Sapezal, Campos de Júlio, Paranatinga, Porto dos Gaúchos, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Sinop, Diamantino, Nova Santa Helena, União do Sul e Campo Novo do Parecis, além de demais autoridades da região.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA