Pandemia

Governo do Estado entrega 30 mil testes rápidos para Prefeitura de Cuiabá

Publicados

em

Foto por: Jana Pessôa/Setasc-MT
Ao todo, a gestão estadual disponibilizou 300 mil testes aos 141 municípios de Mato Grosso; 80% das cidades já retiraram os itens

O Governo do Estado entregou 30 mil testes rápidos à Prefeitura de Cuiabá na última quarta-feira (29). O envio, mediado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), integra a ação que contribui diretamente para o aumento da capacidade de testagem dos municípios e auxilia o diagnóstico e tratamento precoces dos pacientes com coronavírus.

“O Governo de Mato Grosso segue auxiliando as prefeituras no combate à covid-19. Esses 30 mil testes fazem parte dos 400 mil adquiridos pela SES em uma força tarefa, na qual o Governo do Estado conseguiu pagar de 3 a 11 vezes mais barato que outros estados”, comentou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

O gestor também explicou que, em paralelo ao envio dos testes, o Governo estadual também promove o atendimento no Centro de Triagem, que beneficia diretamente os municípios da Baixada Cuiabana.

Ao todo, o Estado disponibilizou o total de 300 mil testes rápidos aos 141 municípios do estado, sendo que a entrega iniciou na última semana. Até o momento, 80% dos municípios – o que representa 113 cidades – já assinaram o termo para retirada dos testes, faltando apenas 28.

Leia Também:  Contraprova atesta que Adriano Silva morreu por covid-19

De acordo com a SES, os municípios receberão quantidades proporcionais ao número de habitantes. Várzea Grande (24.225) e Rondonópolis (19.750) ocupam, respectivamente, o segundo e o terceiro lugares na escala de municípios com maior recebimento de testes.

O secretário Estadual de Saúde reforça que a SES incentiva a testagem no estado e lembra que já há comprovação de que não é apenas por meio do teste que se pode chegar ao diagnóstico. Isto é, o teste clínico também pode determinar se o paciente está com Covid-19 ou não.

Aquisições

Foram adquiridos pela SES, diretamente de uma fabricante chinesa cujos testes estão devidamente certificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), 400 mil testes que custaram cerca de R$ 17,83 a unidade, considerando frete e o valor do dólar pago nas aquisições.

Além das aquisições, outros 100 mil testes foram doados pela empresa JBS, por meio do programa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”, e auxiliam no funcionamento do Centro de Triagem da Covid-19, que funciona no complexo da Arena Pantanal.

Leia Também:  Projeto prevê que diretor-geral da PF seja nomeado a partir de lista tríplice e tenha mandato fixo

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo de MT enviou 93,2 mil testes rápidos para os municípios do Centro Sul

Publicados

em

Centro de triagem COVID 19 dia 28 de julho - Foto por: Christiano Antonucci

O Governo de Mato Grosso enviou 93,2 mil testes rápidos de covid-19 para os 23 municípios que compõem a região Centro Sul do estado, a exemplo de Cuiabá, Várzea Grande e Tangará da Serra (veja a lista completa ao final da matéria).

Todas os testes já foram recebidos pelas prefeituras, que devem encaminhá-los para a atenção básica de Saúde. No total, o Estado adquiriu 400 mil testes rápidos, sendo que 300 mil estão sendo distribuídos para os 141 municípios de Mato Grosso.

Os outros 100 mil estão à disposição do Centro de Triagem Covid-19, na Arena Pantanal, e dos hospitais administrados pelo Executivo. Além destes, mais 100 mil testes foram doados por uma empresa.

“Sabemos que há uma dificuldade muito grande dos municípios para a aquisição, e por isso o Estado têm dado mais essa contribuição”, afirmou o governador Mauro Mendes.

O governador ressaltou que a testagem auxilia as pessoas com sintomas leves a iniciarem o tratamento de forma precoce. A base de cálculo usada para a distribuição é de 8,5% da população de cada município.

Leia Também:  Bolsonaro e Forças Armadas não anseiam ruptura institucional, diz Mourão

“Com o teste rápido disponível já na UPA, na policlínica ou no PSF, o paciente que estiver contaminado já consegue descobrir a doença no início e partir para o tratamento precoce. Isso evita que a situação se agrave e ele venha a precisar de uma UTI. É uma ferramenta que ajuda a salvar vidas”, destacou.

Para o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, a iniciativa é uma forma do Governo de Mato Grosso incentivar a testagem e reforçar a atuação da atenção primária à Saúde, “que é uma responsabilidade dos municípios”.

“Além de fornecer testes, o Estado também atua fortemente no Centro de Triagem da Covid-19, que amplia consideravelmente o número de diagnósticos realizados da Baixada Cuiabana e facilita o acesso ao tratamento precoce”, pontuou Figueiredo.

Os testes adquiridos pelo Governo custaram até 11 vezes mais baratos que os adquiridos em outros estados. Enquanto os preços praticados nos demais estados variaram entre R$ 55 a R$ 199 por cada teste, o Governo de Mato Grosso conseguiu adquirir diretamente de uma fabricante chinesa por U$S 3 dólares, ou seja, R$ 17,83, considerando frete e o valor do dólar pago nas aquisições.

Leia Também:  Concurso é suspenso em Porto Esperidião após ação do MPMT

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA