Documentação em dia

Mais de 800 mil proprietários de veículos já podem imprimir o Licenciamento online

Publicados

em

Foto por: Meneguini/Gcom-MT
Em decorrência dos reflexos financeiros causados pela propagação do novo coronavírus no Estado, o Detran-MT prorrogou o calendário de pagamento do Licenciamento Anual para os proprietários de veículos com placa finais 4 e 5; 6 e 7; e 8, 9 e 0

A opção de impressão do Licenciamento Anual do Veículo deste ano está disponível para 833.797 proprietários de veículos que já quitaram a taxa do documento e podem imprimi-lo, de forma online, através do site do Departamento Estadual de Trânsito (www.detran.mt.gov.br).

A quantidade representa aproximadamente 40% do total da frota do Estado, que hoje é de 2.236.392 veículos. “É um número positivo levando em conta que os veículos com placas finais 1, 2 e 3 já venceram este ano e o vencimento do pagamento para as placas com final 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0 foram prorrogados pelo Governo”, observou o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

Em decorrência dos reflexos financeiros causados pela propagação do novo coronavírus no Estado, o Detran-MT prorrogou o calendário de pagamento do Licenciamento Anual para os proprietários de veículos com placa finais 4 e 5; 6 e 7; e 8, 9 e 0, acompanhando o novo prazo de vencimento do IPVA, para o último trimestre deste ano (outubro, novembro e dezembro).

O IPVA dos veículos com placa final 4 e 5 que venceria no mês de maio, passou para o mês de outubro; placa final 6 e 7 que venceria em junho, passou a ter o prazo até novembro; e as placas 8, 9 e 0 que venceriam no mês de julho, passam a ter o prazo estendido até dezembro de 2020.

Leia Também:  Atendimentos na sede do Detran em Cuiabá serão transferidos para Arena Pantanal

No caso do Licenciamento, os veículos com placas final 4 e 5 o pagamento poderá ser feito até o dia 31 de outubro. Placas final 6 e 7 o novo vencimento do licenciamento será em 30 de novembro e os veículos com placas finais 8, 9 e 0 o pagamento poderá ser feito até o dia 31 de dezembro. Confira:

Parcelamento no cartão

Todos os débitos veiculares, incluindo a Taxa de Licenciamento, podem ser pagos, em até 12 vezes, por meio do parcelamento com cartão de crédito. Essa opção está disponível ao proprietário de veículo desde outubro de 2019.

Atualmente o Detran-MT conta com três empresas credenciadas junto à Autarquia para realizar o serviço, que pode ser feito de forma online.

Podem ser parcelados todos os débitos vencidos e a vencer, incluindo os valores deste ano, para viabilizar o Licenciamento do veículo. São eles: taxa de Licenciamento, inscrita ou não em dívida ativa, Seguro DPVAT, IPVA inscrito ou não em dívida ativa, e infrações de trânsito municipais, estaduais e federais como infrações da Semob, Detran, Sinfra, PRF e DNIT.

“A medida é uma forma de disponibilizar aos proprietários de veículos alternativas para quitar seus débitos à vista ou em até 12 parcelas mensais, com a imediata regularização da situação do veículo, além de assegurar a agilidade, autenticidade, segurança e desburocratização dos processos administrativos do Detran-MT”, afirma o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Leia Também:  Pesquisa aponta que 12,5% da população mato-grossense já foi infectada pelo coronavírus

No momento da negociação dos débitos para pagamento, a empresa credenciada deverá demonstrar, detalhadamente, a formação dos custos do valor da dívida, identificando cada débito parcelado, taxa de juros aplicada e o número de parcelas escolhidas pelo proprietário do veículo.

O pagamento pode ser feito em até 12 vezes com até 03 cartões de crédito diferentes, independentemente de ser da titularidade da pessoa que está quitando os débitos, garantindo a integridade da operação mediante senha pessoal e intransferível do titular do cartão.

Como imprimir o Licenciamento

O proprietário do veículo, após quitar todos os débitos (IPVA, Taxa de Licenciamento, Seguro DPVAT, dívida ativa e possíveis multas), deve acessar o site do Detran-MT (www.detran.mt.gov.br) e digitar os dados do veículo, como placa e Renavam, na opção “Consulte Seu Veículo”.

Na sequência, vai abrir uma página contendo todas as informações do veículo e a opção “Clique Aqui para Imprimir o CRLV Digital”. Ao clicar, o modelo para impressão A4 irá aparecer na tela para impressão. O procedimento pode ser feito em qualquer lugar em que o cidadão tiver acesso à internet e impressora.

Segunda via

Com o documento impresso em papel A4 não será mais necessário pedir a segunda via do Licenciamento. Caso o proprietário do veículo tenha sofrido extravio, furto ou roubo do documento, basta imprimir a segunda via em qualquer lugar em que tenha acesso à internet e impressora, sem custos adicionais.

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Domingo (24): Mato Grosso registra 208.088 casos e 4.968 óbitos por Covid-19

Publicados

em

Um total de 178.572 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) - Foto por: Tchélo Figueiredo
Há 283 internações em UTIs públicas e 319 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 70% para UTIs adulto e em 37% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (24.01), 208.088 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.968 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 341 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 208.088 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.296 estão em isolamento domiciliar e 193.762 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 283 internações em UTIs públicas e 319 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 70,43% para UTIs adulto e em 37% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (45.380), Várzea Grande (13.815), Rondonópolis (13.840), Sinop (11.009), Tangará da Serra (9.173), Sorriso (9.048), Lucas do Rio Verde (8.388), Primavera do Leste (6.367), Cáceres (4.838) e Nova Mutum (4.373).

Leia Também:  Retomada da Lei Seca; blitze educativas orientam motoristas e pedestres em Cuiabá e Várzea Grande

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 178.572 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.271 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No último sábado (23), o Governo Federal confirmou o total de 8.816.254 casos da Covid-19 no Brasil e 216.445 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 8.753.920 casos da Covid-19 no Brasil e 215.243 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de domingo (24).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia Também:  AZEDOU: Pinheiro rebate criticas e convida Janaina a se retirar do MDB; ‘tem espaço é quem foi eleito'

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA