Paixão pelo time do coração

Milionário de MT volta atrás em doação para time do São Paulo

Publicados

em

Reprodução

Torcedor do Internacional que doou R$ 1 milhão para o time colocar o atleta Rodinei para jogar na partida contra o Flamengo, Elusmar Maggi Scheffer recusou da declaração que deu, ainda no domingo (21), após a derrota do colorado para o time do Rio de Janeiro.

O torcedor, que é produtor rural, disse que só quis ajudar o seu time ser o campeão do Brasileirão. Há 42 anos, o Inter não vence o campeonato.

“Como qualquer colorado, fui impactado pela partida de domingo (21) no Maracanã. O amor pelo clube me moveu a fazer uma doação espontânea com intuito de ajudar, de fazer a minha parte na busca pelo título. Depois de tudo que aconteceu, com o lamentável erro do árbitro e do VAR, e a derrota que deixa o título mais difícil agora, me manifestei sem pensar. Envolto em emoção, afirmei que poderia participar da última rodada com aporte financeiro ao São Paulo, algo que considero equivocado. Sei que não é ético, aceitável, nem necessário este tipo de coisa, já que o São Paulo, como grande clube que é, não precisaria de qualquer incentivo para tentar a vitória. Peço desculpas pelas palavras ditas “no calor do momento” e reitero que jamais falei em nome do Inter. Reforço que não vou fazer qualquer movimento nesta última rodada, deixando o protagonismo todo para quem sempre deve tê-lo: os jogadores. Vamos, Inter! Estaremos sempre contigo!”, Elusmar Maggi.

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  “Gestores que permitirem desvios de vacinas serão responsabilizados”, diz Figueiredo
Propaganda

MATO GROSSO

Distribuição das 32,8 mil doses de vacina é aprovada por colegiado da saúde

Publicados

em

Veja em anexo quantas doses cada município vai receber em anexo - Foto por: Christiano Antonucci
Conforme definido em Comissão Intergestores Bipartite (CIB), após a distribuição das doses, os municípios serão os responsáveis pelo armazenamento e aplicação das vacinas

A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) aprovou resolução que estabelece a distribuição, armazenamento e aplicação das 32.800 mil doses da vacina CoronaVac e Astrazeneca, recebidas na última quarta e quinta-feira (24 e 25.02).

A CIB é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Na quarta-feira (24), Mato Grosso recebeu uma remessa com 21 mil doses da vacina AstraZeneca. Já na quinta-feira (24), o estado recebeu 11,8 mil doses do imunizante CoronaVac.

Caso os municípios alcancem a completa vacinação do público alvo das vacinas CoronaVac e Astrazeneca, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos alvos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas, respeitando as condições de armazenamento estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

Leia Também:  Weintraub anuncia sua saída do MEC

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização (SI-PNI), do Ministério da Saúde.

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA