Saúde

MT é segundo estado que mais vacinou contra Covid-19 no Centro-Oeste

Publicados

em

Desde o início da vacinação no estado, em 19 de janeiro, um total de 102.997 doses foram aplicadas - Foto por: Christiano Antonucci
De acordo com o sistema oficial do Ministério da Saúde, 102.997 doses foram aplicadas em Mato Grosso

Mato Grosso é o segundo estado que mais aplicou doses de vacina contra a Covid-19 no Centro-Oeste do país. Desde o início da vacinação no estado, em 19 de janeiro, um total de 102.997 doses foram aplicadas. A informação é divulgada pela plataforma oficial do Ministério da Saúde, que contabiliza doses aplicadas no Brasil.

Até a manhã desta segunda-feira (22.02), foram imunizadas com a primeira dose um total de 79.045 pessoas em Mato Grosso. Dessas, 23.952 já receberam a segunda aplicação da vacina.

Do total de doses aplicadas, 81.758 foram em profissionais da saúde; 11.441 foram em integrantes da população indígena; 6.980 foram em pessoas de 80 anos ou mais e 2.050 foram em idosos institucionalizadas com 60 anos de idade ou mais.

Entre os 141 municípios do Estado, os que mais aplicaram vacinas, até o momento, foram: Cuiabá (32.625 doses), Rondonópolis (8.104) e Várzea Grande (5.739). Também integram o ranking da vacinação os municípios de Sinop (5.177), Barra do Garças (2.524), São Felix do Araguaia (2.282), Tangará da Serra (2.237), Sorriso (2.213), Primavera do Leste (1.928), Juína (1.923), Cáceres (1.906), Campinápolis (1.678), Lucas do Rio Verde (1.595), Colíder (1.444) e Alta Floresta (1.437).

Leia Também:  Governador vai a Brasília para evitar multa de R$ 650 milhões

Primeiros indígenas a serem vacinados contra covid 19 em Mato Grosso- Créditos: Christiano Antonucci

Os dados de vacinados em Mato Grosso são reportados pelos próprios municípios ao Ministério da Saúde, que consolida as informações e realiza a divulgação por meio da plataforma virtual. A lista completa dos municípios, bem como outras informações sobre as vacinas aplicadas no estado ou no país, pode ser acessada no site do sistema oficial.

Conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI), nesta primeira fase, são vacinados os trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus, povos indígenas aldeados, pessoas idosas com 60 anos ou mais e pessoas com deficiência que vivem em asilos e/ou instituição psiquiátricas e população com 90 anos ou mais.

Mato Grosso recebeu 191.760 doses de vacina e distribuiu o quantitativo para a aplicação da primeira e segunda dose em tempo recorde.

Fonte: Governo MT

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Distribuição das 32,8 mil doses de vacina é aprovada por colegiado da saúde

Publicados

em

Veja em anexo quantas doses cada município vai receber em anexo - Foto por: Christiano Antonucci
Conforme definido em Comissão Intergestores Bipartite (CIB), após a distribuição das doses, os municípios serão os responsáveis pelo armazenamento e aplicação das vacinas

A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) aprovou resolução que estabelece a distribuição, armazenamento e aplicação das 32.800 mil doses da vacina CoronaVac e Astrazeneca, recebidas na última quarta e quinta-feira (24 e 25.02).

A CIB é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Na quarta-feira (24), Mato Grosso recebeu uma remessa com 21 mil doses da vacina AstraZeneca. Já na quinta-feira (24), o estado recebeu 11,8 mil doses do imunizante CoronaVac.

Caso os municípios alcancem a completa vacinação do público alvo das vacinas CoronaVac e Astrazeneca, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos alvos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas, respeitando as condições de armazenamento estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

Leia Também:  Vacina pode sair em dezembro e grupo de risco será prioridade, diz secretário

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização (SI-PNI), do Ministério da Saúde.

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA