MATO GROSSO

PM fará solenidade de troca de comando do 4º Batalhão nesta terça-feira

Publicados

em


Nesta terça-feira (21.09), a Polícia Militar realizará a solenidade de passagem de comando do 4º Batalhão, às 17h, no auditório do Senai, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande. O tenente-coronel Jean Araújo de Lima deixa a sua função e passa o comando do Batalhão para o tenente-coronel Jean Klebber Britto da Silva.  

O batalhão do 4º Bravo ficou sob o comando do então tenente-coronel Januário Antônio Edwiges Batista por cinco anos. No último dia 03 de setembro o militar foi promovido ao cargo de coronel. Com a promoção do coronel Januário, a unidade do 4º BPM ficou sob a coordenação do tenente-coronel Jean Araújo de Lima até esta terça-feira (21). 

O 4º Batalhão faz parte do 2º Comando Regional de Polícia Militar de Várzea Grande. A unidade conta com 185 policiais e atua com o policiamento ostensivo e ações preventivas de segurança pública como o projeto ‘4º Bravos Lutas’ que atende 60 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.  

A solenidade de troca de comando do 4º Batalhão vai ser presidida pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, e pelo comandante do segundo comando regional, Wankley Corrêa Rodrigues.  

Leia Também:  21ª Companhia Independente de Polícia Militar tem novo comando

Serviço 

Solenidade de troca de comando do 4º Batalhão da Polícia Militar de Várzea Grande  
Data: 21.02.2021 
Horário: 17 h 
Endereço: Senai, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (MT) 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governador em exercício destaca papel facilitador do Governo de MT: investidores têm segurança jurídica

Publicados

em


O governador em exercício Otaviano Pivetta e a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, participaram nesta quinta-feira (28.10) da inauguração da maior usina de etanol 100% de milho do País, a FS Bioenergia, localizada em Sorriso.

Durante a solenidade, que contou com a presença de diversas autoridades políticas, Pivetta destacou o papel facilitador do Governo de Mato Grosso para atrair investidores e afirmou que a instalação dessas indústrias no Estado vem sendo possível graças ao trabalho da atual administração para desburocratizar o ambiente de negócios.

“Se esse milho que será processado aqui fosse embora in natura, o retorno seria muito baixo. Esse processo de agregação de valor, de verticalização, é o que nós sempre defendemos. Mato Grosso tem essa vocação e o Governo desenvolveu uma política de atração de investimentos na agroindústria para manter o recurso dentro do Estado, gerando emprego, renda e distribuindo para toda a sociedade. Os investidores agora têm segurança jurídica”, afirmou o governador em exercício.

A ministra Tereza Cristina frisou a responsabilidade do agronegócio mato-grossense na sustentação da economia brasileira e salientou a presença do governador Mauro Mendes na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26) “levando para fora do País o conhecimento do que é que está sendo realizado aqui em Mato Grosso para que todo o País consiga avançar. Incentivar o mercado privado é um dos grandes desafios que nós temos. Mato Grosso está propondo esta mudança e eu acredito que é assim que nós vamos chegar lá”.

Leia Também:  Segunda-feira (03): Mato Grosso registra 55.156 casos e 1.927 óbitos por Covid-19

Participaram da inauguração o presidente em exercício da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Dilmar Dal’Bosco, o deputado estadual Xuxu Dal Molin, o senador Wellington Fagundes, o presidente da Famato, Normando Corral, o deputado federal Neri Geller, os prefeitos de Sorriso, Ari Lafin, de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin, e o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz.

Com investimento de cerca de R$ 2 bilhões, a usina de etanol 100% de milho instalada em Sorriso gerou mais de 4 mil empregos indiretos durante as fases de obras e hoje emprega 231 pessoas diretamente. A capacidade total de produção da unidade é de 880 milhões de litros de etanol por ano; 212 mil toneladas de farelo de milho; 28 mil toneladas de óleo de milho e 190 mil MWh por ano de cogeração de energia.

A FS é a primeira usina de etanol do Brasil que utiliza milho em 100% da produção. Hoje, com duas unidades, em Lucas do Rio Verde e Sorriso, a empresa já é a maior produtora de etanol de milho do País, com capacidade para 1,4 bilhão de litros por ano. Além do etanol, a empresa possui tecnologia para fabricação de produtos para nutrição animal, conhecidos pela sigla DDG, óleo de milho e bioeletricidade.

Leia Também:  Pantanal Shopping será novamente polo de vacinação nesta sexta e sábado
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA