MATO GROSSO

Programa Rios+Limpos retira toneladas de resíduos sólidos do Rio Cuiabá e Baías do Chacororé e Siá Mariana

Publicados

em


O Programa Rios+Limpos recolheu toneladas de resíduos sólidos das margens e das águas do Rio Cuiabá e das Baías do Chacororé e Siá Mariana. O programa do Ministério do Meio Ambiente, que tem o Governo de Mato Grosso como parceiro, foi lançado nacionalmente em Várzea Grande na quinta-feira (16.09).

Na sexta-feira (17) a limpeza foi realizada em Siá Mariana e Chacororé, importantes Baías do Pantanal mato-grossense e grandes polos turístico da região de Barão de Melgaço. No local, foram retiradas mais de 10 toneladas de lixos em 5 horas de operação. Entre os produtos retirados estavam eletrodomésticos, resíduos de construção, lâmpadas e embalagens.

As ações de limpeza terminaram no sábado, dia 18, nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande. “Articulação do Governo Federal com o Governo do Estado, prefeituras, comunidades locais, entidades parceiras e voluntários que dará mais qualidade de vida e saúde para a população e também maior proteção ao meio ambiente”, destacou o secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França.

Com o objetivo de engajar as pessoas e conscientizar sobre a importância de fazer o descarte adequado dos resíduos sólidos, o programa de agenda ambiental urbana visa fomentar ações de despoluição dos rios, lagos, lagoas e praias fluviais. O projeto incentiva o cidadão não jogar o lixo em local que possa trazer impacto ao meio ambiente, descartar de forma correta e separar o reciclável do orgânico.

Leia Também:  Governo institui programa de investimentos na infraestrutura dos aeródromos de MT

A secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, agradeceu ao apoio dos voluntários que ajudaram a limpar os rios nos três dias de ação no estado. “Recebemos o Governo Federal em Mato Grosso para esta importante ação. Chamo toda a população a se engajar junto conosco neste programa para tornar os rios brasileiros mais limpos. O respeito ao nosso Pantanal, nosso rio Cuiabá e todos nossos rios vai fazer a diferença para as pessoas”.

No município de Barão de Melgaço o programa envolveu 15 comunidades ribeirinhas com 700 famílias. O presidente da Associação de moradores de Barão de Melgaço, Domingos Oliveira, afirmou que a limpeza vai beneficiar pescadores, ribeirinhos e a natureza. “É uma maneira de preservar os rios e os peixes, que é uma preocupação muito grande para o ribeirinho que sobrevive destas águas. Precisa de bom senso da população e de mais ações como esta do governo”.

Estado Pioneiro

A escolha de Cuiabá e Várzea Grande para serem centros do lançamento do programa está na conexão que estas cidades têm com o rio Cuiabá e pelo fato do estado englobar o Pantanal. A época do ano foi propicia pelo fato dos rios estarem mais baixos, devido ao período de seca.

Leia Também:  Homem leva tiro durante festa em buffet em Cuiabá

O programa também foi escolhido para ter início em uma data simbólica, na semana em que se celebra o dia mundial da limpeza, uma movimentação de mais de 180 países e mais de 50 milhões de pessoas engajadas e envolvidas na limpeza de áreas urbanas, dos rios e de cursos d’aguas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Servidores recebem homenagem por 25 anos de serviço prestado ao Estado

Publicados

em


Neste dia 28 de outubro, data em que se celebra o dia do servidor público, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), entregou uma condecoração aos servidores públicos estaduais que em 2021 completam 25 anos de trabalho prestado ao Estado de Mato Grosso.

Palavras como valorização e reconhecimento foram a marca da cerimônia realizada na manhã desta quinta-feira, no auditório da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT). Na ocasião, foram entregues a 13 servidores, que representaram os 238 homenageados deste ano, um certificado de honra ao mérito e uma medalha com o brasão do Estado.

“Essa honraria é um reconhecimento e acima de tudo um agradecimento aos trabalhos prestados por esses servidores públicos que empregaram seu esforço e dedicação para o bem da sociedade mato-grossense”, disse o titular da Seplag, Basílio Bezerra.

Para a historiadora Rachel Tegon de Pinho, uma das homenageadas, sua história com o serviço público é motivo de orgulho.

“Ingressei no serviço público em 1983 como professora substituta da Escola Estadual Cesário Neto, ainda era estudante do curso de História, trabalhei em 1983 e 1984 e depois retornei para o serviço público em 1993 já como historiadora no Arquivo Público do Estado. Trabalhei lá até 1995 e daí para cá tive várias experiências, ainda não como servidora efetiva, mas como prestadora de serviços ao Estado, até que ingressei como servidora pública efetiva na carreira de professora da educação básica”, conta.

Atualmente, Rachel mora em Cáceres e atua como professora do curso de História da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). “É muito gratificante você saber que faz parte das melhorias de condições de vida da população mato-grossense, acho que esse é o nosso principal desafio e principal estímulo. ”

A servidora pública Rachel Tegon de Pinho e o secretário da Seplag Basílio Bezerra. Tchélo Figueiredo – SECOM/MT

Leia Também:  PM apreende 120 quilos de drogas em quitinete em Cuiabá

Conforme o servidor da Coordenadoria de Patrimônio e Serviços da Seplag, Ivanir Walmor Urmann, sua história com o serviço público já soma mais de 25 anos. “Passa um filme na cabeça da gente, você vai lembrando o que se passou, das épocas boas e ruins, das épocas em que o salário atrasava. Vi muita coisa, já passei por muitos governos”.

“Nesse governo estão valorizando muito o funcionário público e isso é muito bom, o pessoal cuida, e o funcionário na verdade é o maior patrimônio do Estado”, completou o homenageado.

“Neste governo estão valorizando muito o funcionário público e isso é muito bom, o pessoal cuida”, disse o servidor homenageado Ivanir Walmor Urmann.

Valorização do Servidor

Durante o evento, o secretário da Seplag falou sobre as melhorias promovidas pela administração pública voltadas ao funcionalismo e enfatizou que a atual gestão sempre se pautou pela modernização dos serviços públicos, capacitação e valorização dos servidores, e a melhoria das condições de trabalho.

Entre essas melhorias citadas estão o pagamento do salário dentro do mês trabalhado, a padronização e melhoria no valor das diárias, o parcelamento de férias em até três períodos, a possibilidade de o servidor dobrar o usufruto da licença-prêmio trabalhando meio período, a modernização da estrutura física dos órgãos públicos, a celeridade nos processos de progressão de carreira, entre outras. Segundo o gestor, a análise dos processos de progressão de carreira, que hoje é feita em 60 dias, já chegou a levar até nove meses.

Ainda no que diz respeito à valorização do servidor público, o secretário ressaltou que o Governo fez a previsão na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022 do pagamento de 6,05% da revisão, e qualificou profissionalmente 29.312 servidores públicos por meio da Escola de Governo.

Na pandemia

Durante o período pandêmico, a Seplag adotou várias medidas de cuidado e prevenção à Covid-19 e às consequências da doença no que diz respeito à saúde mental dos servidores. A pasta coordenou a implantação do projeto de acompanhamento psicossocial em nove Secretarias de Estado, que, no último mês, chegou à marca de 10 mil atendimentos, após pouco mais de dois anos.

Leia Também:  Sema-MT apreende escavadeira hidráulica e fecha garimpo ilegal em Carlinda

Também adotou medidas para reforçar a prevenção à covid-19 no serviço público com a distribuição de máscaras de proteção, instalação de barreiras de acrílico nas mesas de trabalho e aquisição de totens com dispenser para álcool para a higienização das mãos.

Com o objetivo de minimizar os impactos da pandemia no emocional dos servidores e auxiliá-los a atravessar esse período com equilíbrio, a Secretaria enviou áudios e vídeos de apoio psicológico, de ginástica laboral e treino funcional, e colocou à disposição sua equipe de psicólogos para acolher as angústias dos servidores.

Entre outras ações, ainda estabeleceu como prioridade o trâmite de processos administrativos de servidores com sequelas da covid-19 e outras enfermidades graves.

Outras medidas de Governo citadas pelo gestor foram:

-Pagamento de verbas rescisórias;

-Criação da indenização excepcional aos profissionais de saúde contratados temporariamente em regime de plantão;

-Criação da verba indenizatória extraordinária de combate à covid-19;

-A correção monetária sobre os salários escalonados entre agosto de 2017 a outubro de 2019, incluindo o 13º, também foram citados;

-Aumento da margem consignável e do prazo para até 120 meses para empréstimos consignados;

-Regulamentação da movimentação de servidores, que agora podem ser cedidos durante o estágio probatório dentro do Executivo;

-O Estado ainda implementou a movimentação de militares entre órgãos feita diretamente pela gestão de pessoas da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, possibilitando descentralização nos pedidos;

– E implantou o pagamento de ajuda de custos aos militares por motivo de mudança por ofício e o pagamento de soldo imediato aos militares designados para funções, reajustou a etapa alimentação em 23% e adotou o sistema de promoção por requerimento.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA