Política MT

Emanuel pede para Mendes abaixar a guarda e deixar o rancor

Publicados

em

Chico Ferreira/Gazeta Digital

Reeleito prefeito de Cuiabá com 51,15% dos votos válidos, Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que espera construir uma ponte com governador Mauro Mendes (DEM) e acabar com a briga entre os dois gestores. “Abaixa essa guarda, esse rancor e levanta a bandeira branca da paz”, mandou recado Emanuel logo após saber do resultado da eleição no domingo (29).

“Temos que construir uma ponte, acabar com isso. Mauro Mendes, governador do Estado de Mato Grosso, eu fui seu coordenador, já tivemos bom relacionamento de amizade e respeito. Para com isso, abaixa essa guarda, esse rancor e levanta a bandeira branca da paz”, pediu o prefeito.

Segundo Pinheiro, essa é uma mensagem dos cuiabanos para que ele cessem uma briga onde quem mais perde é a cidade e seus cidadãos. “Nós dois juntos ninguém segura, olha o recado da população cuiabana esta dando para nós dois”.

O gestor também disse que quer encontrar com o governador e que seu filho, o deputado federal Emanuelzinho (PTB), vai ligar para Mendes para que eles possam conversar.

Leia Também:  Avião com candidata ao Senado faz pouso forçado em MT

“Emanuel Pinheiro Neto vai te ligar como deputado federal e vai te pedir uma agenda. Chega, a eleição a acabou! Essa é minha proposta pra você. Chega basta de ataques, acusações e agressões gratuitas que não levam a nada”, pediu.

O chefe do Executivo municipal também disse que espera receber uma ligação de Mendes. “Espero sinceramente um telefonema do governador”.

Fonte: Gazeta Digital

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NA CAPITAL

“ENGAVETADOR”

Publicados

em

Internet

O vereador Dilemário Alencar (Podemos) subiu o tom das críticas ao presidente da Câmara de Cuiabá, Juca do Guaraná (MDB), e o Colégio de Líderes por não darem seguimento aos requerimentos apresentados por ele nos últimos meses. Segundo o parlamentar, a tática visaria agradar o Executivo.

O parlamentar lembrou ter apresentado convocações dos secretários de Saúde e de Obras e do ex-secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá – Ozenira Félix, José Stopa e Antenor Figueiredo, respectivamente – nos últimos meses, mas nenhum deles saiu da gaveta.

“Os requerimentos não foram colocados na pauta, ficam na gaveta do presidente. Eu peço para o Colégio de Líderes, mas o prefeito [Emanuel Pinheiro] tem maioria lá e eles não deliberam, ficam engavetando, ficam segurando”, criticou.

Fonte: Sindimed

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  GAZETA DADOS: Pesquisa mostra que Abílio enfrentaria Emanuel no 2º turno
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA