NA CAPITAL

MUITO CUIDADO: Decreto libera cinema e eventos com 300 convidados em Cuiabá

Publicados

em

Internet

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), publicou nesta quarta-feira (14) o decreto nº 8.147 sobre flexibilização de medidas adotadas para prevenir contaminação pelo novo coronavírus. Eventos sociais estão liberados para serem realizados com até 200 convidados, teatros e cinemas podem abrir com até 30% da capacidade das salas.

De acordo com o documento, a decisão foi tomada mediante o cenário da covid-19 na capital, que está em declínio na médica de novos casos em comparação ao início da pandemia.

O gestor menciona que tal estabilização é decorrentes das medidas de contenção adotadas logo quando surgiram os primeiros doentes.

Lojas de rua e no shopping popular podem funcionar todos os dias, exceto domingos e feriados, no horário de 09h às 19h.
Academias e estúdios de outras modalidades de atividade física podem abrir das 06h às 14h e das 16h às 21h. Permanecem fechados domingos e feriados.

Lojas de shoppings podem abrir ao público todos os dias, das 10h às 22h, seguindo normas de higiene. Já os eventos sociais podem ser realizados com até 200 convidados e atos corporativos terão até 300 participantes.

Leia Também:  Prefeitura entrega esta semana terceira etapa do kit da alimentação escolar para 18 mil alunos da rede

“Fica permitida a retomada da atividade econômica de cinemas e teatros, limitado a 30% da capacidade total de dada sala, respeitadas as seguintes medidas de biossegurança”, diz trecho do documento.

Nos teatros e cinemas as poltronas devem ter distanciamento de 1,5 metro, todos devem usar máscara de proteção, o estabelecimento deve fornecer álcool em gel 70% e o espaço deve ser higienizado entre cada sessão.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado, Cuiabá tem 26.403 casos de covid-19 e 987 pessoas morreram em decorrência da doença.

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NA CAPITAL

“ENGAVETADOR”

Publicados

em

Internet

O vereador Dilemário Alencar (Podemos) subiu o tom das críticas ao presidente da Câmara de Cuiabá, Juca do Guaraná (MDB), e o Colégio de Líderes por não darem seguimento aos requerimentos apresentados por ele nos últimos meses. Segundo o parlamentar, a tática visaria agradar o Executivo.

O parlamentar lembrou ter apresentado convocações dos secretários de Saúde e de Obras e do ex-secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá – Ozenira Félix, José Stopa e Antenor Figueiredo, respectivamente – nos últimos meses, mas nenhum deles saiu da gaveta.

“Os requerimentos não foram colocados na pauta, ficam na gaveta do presidente. Eu peço para o Colégio de Líderes, mas o prefeito [Emanuel Pinheiro] tem maioria lá e eles não deliberam, ficam engavetando, ficam segurando”, criticou.

Fonte: Sindimed

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Câmara de Cuiabá cede espaço na Tribuna Livre para ouvir a população
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA