NACIONAL

O que se sabe sobre o acidente que matou acionista da Cosan

Publicados

em


source
Acidente de avião com empresário da Cosan
Reprodução

Acidente de avião com empresário da Cosan



A queda de uma aeronave de pequeno porte , em Piracicaba, interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (14), vitimou a família do empresário Celso Silveira Mello Filho, acionista da Cosan (saiba mais sobre a empresa abaixo). Nenhum dos ocupantes do avião sobreviveu. 

O iG separou as principais informações sobre o que se sabe em relação ao acidente aéreo até agora:

Quem estava na aeronave?

Em nota oficial, a Cosan confirmou a morte de Celso Silveira Mello Filho. A mulher do empresário, Maria Luiza Meneghel, os três filhos (Celso, Fernando e Camila), o piloto Celso Carloni e o copiloto Giovani Gulo também morreram no acidente.

“Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo”, disse a empresa em nota. 

Celso Mello é homenageado em Piracicaba
Gustavo Annunciato/Câmara Municipal de Piracicaba

Celso Mello é homenageado em Piracicaba


O momento da queda

Leia Também:  Saúde monitora 15 vacinas promissoras, mas decisão será de Bolsonaro, diz site

Uma câmera de segurança registrou a queda do avião. Veja:



O que é a Cosan?

Leia Também

A Cosan se define como uma holding dedicada à logística integrada e à diversificação da matriz energética brasileira. “Movimentamos o dia a dia de indústrias e pessoas por meio do trabalho de quase 40 mil profissionais que sonham e correm atrás para fazer a diferença”, diz o grupo em seu site oficial.

Atualmente, a holding abrange as seguintes empresas: Raízen (energia e combustíveis), Compass (gás e energia), Moove (lubrificantes) e Rumo (logística). 

Imagens do local do acidente após o ocorrido


Ex-presidente do XV de Piracicaba

Além de empresário no agronegócio e acionista da Cosan, Celso Mello também foi presidente do XV do Piracicaba, um dos times mais tradicionais do interior paulista. Aliás, Piracicaba, local da morte do empresário, também é a sua cidade natal. 

Leia Também:  Mulher é morta por uma facada no pescoço no Mato Grosso do Sul

“O XV de Piracicaba lamenta profundamente o falecimento de Celso Silveira Mello Filho, sua esposa, filhos e demais tripulantes vítimas da queda da aeronave em que estavam presentes nesta terça-feira (14).Celso Silveira Mello Filho foi presidente do XV em duas oportunidades e atualmente compunha o quadro do Conselho Deliberativo do clube, além de ser irmão de Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do Conselho de Administração do Grupo Raízen, patrocinador master do XV”, pronunciou-se o clube. 


Motivos da queda

Os motivos da queda ainda não foram esclarecidos. Segundo reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo”, testemunhas afirmaram que o “bimotor perdeu altura e acabou caindo em uma área de mata no bairro Santa Rosa, depois de se chocar com alguns eucaliptos. A explosão causou um incêndio no local”. 


COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NACIONAL

Ciclone intenso atinge litoral brasileiro nos próximos dias; Sul é mais afetado

Publicados

em


source
A região do Brasil mais afetada pelo ciclone será o sul do Rio Grande do Sul
WikiImages/Pixabay

A região do Brasil mais afetada pelo ciclone será o sul do Rio Grande do Sul

Segundo o Climatempo, uma chuva volumosa com raios e rajadas de vento de até 70 km/h se forma no Rio Grande do Sul, principalmente na parte sul do estado. Um  ciclone extratropical intenso  afeta o litoral brasileiro e pode fazer com que haja granizo e mar agitado se estendendo até Santa Catarina e Paraná.

Alguns “transtornos pontuais” não são descartados, de acordo com a previsão, devido ao temporal no estado. As chuvas fortes são ocasionadas por um sistema de baixa pressão atmosférica na costa da região, que dá origem a uma nova frente fria. O Climatempo reforça a instabilidade no estado, além das condições para temporais isolados, inclusive em Porto Alegre.

Ciclone

Um “ciclone extratropical intenso” deixa o mar agitado em grande parte do litoral brasileiro nos próximos dias. No litoral gaúcho o mar já começa a subir hoje. Em Santa Cataria e no Paraná, isso ocorre a partir desta terça-feira (21). Ao longo da semana as ondas podem chegar a até 3 metros na Região Sul.

A chuva, por outro lado, enfraquece no Rio Grande do Sul e ganha mais força no Paraná, especialmente em Santa Catarina.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA