NACIONAL

Prefeitura de São Paulo anuncia retorno de rodízio tradicional

Publicados

em


source


Rodízio municipal de veículos em São Paulo
Oswaldo Corneti/Fotos Públicas

Rodízio municipal de veículos em São Paulo


A Prefeitura de São Paulo anunciou na tarde desta quarta-feira (28), por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), o retorno do rodízio municipal de veículos, nos moldes tradicionais, para a próxima segunda-feira (02/08). Este modelo de rodízio estava suspenso desde o dia 22 de março.

Desta forma, o rodízio para veículos leves voltará a ser válido nos horários de pico da manhã (7h às 10h) e da tarde (17h às 20h), de segunda a sexta-feira. Não poderão circular, nas regiões e horários estabelecidos pelo rodízio, os veículos automotores, inclusive caminhões, com os seguintes finais de placas:

Segundas-feiras: dígitos finais 1 e 2; Terças-feiras: dígitos finais 3 e 4; Quartas-feiras: dígitos finais 5 e 6; Quintas-feiras: dígitos finais 7 e 8; Sextas-feiras: dígitos finais 9 e 0.


A capital paulista adotou o rodízio em horário noturno para veículos leves entre 22 de março e 30 de julho, acompanhando o toque de restrição decretado pelo Governo do Estado. Com o anúncio, pelo Estado, do fim do toque de restrição a partir do dia 1º de agosto, o rodízio voltará ao formato tradicional na segunda-feira, dia 2 de agosto.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NACIONAL

Ciclone intenso atinge litoral brasileiro nos próximos dias; Sul é mais afetado

Publicados

em


source
A região do Brasil mais afetada pelo ciclone será o sul do Rio Grande do Sul
WikiImages/Pixabay

A região do Brasil mais afetada pelo ciclone será o sul do Rio Grande do Sul

Segundo o Climatempo, uma chuva volumosa com raios e rajadas de vento de até 70 km/h se forma no Rio Grande do Sul, principalmente na parte sul do estado. Um  ciclone extratropical intenso  afeta o litoral brasileiro e pode fazer com que haja granizo e mar agitado se estendendo até Santa Catarina e Paraná.

Alguns “transtornos pontuais” não são descartados, de acordo com a previsão, devido ao temporal no estado. As chuvas fortes são ocasionadas por um sistema de baixa pressão atmosférica na costa da região, que dá origem a uma nova frente fria. O Climatempo reforça a instabilidade no estado, além das condições para temporais isolados, inclusive em Porto Alegre.

Ciclone

Um “ciclone extratropical intenso” deixa o mar agitado em grande parte do litoral brasileiro nos próximos dias. No litoral gaúcho o mar já começa a subir hoje. Em Santa Cataria e no Paraná, isso ocorre a partir desta terça-feira (21). Ao longo da semana as ondas podem chegar a até 3 metros na Região Sul.

A chuva, por outro lado, enfraquece no Rio Grande do Sul e ganha mais força no Paraná, especialmente em Santa Catarina.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA