POLÍCIA FEDERAL

Operação Terra Firme combate o tráfico de pessoas

Publicados

em


Governador Valadares/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 14/9, a Operação Terra Firme, que visa reprimir a promoção da saída ilegal de brasileiros para os Estados Unidos.

Equipes da PF cumpriram nas cidades mineiras de Governador Valadares e Conselheiro Pena dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal Valadarense.

As investigações, que integram o acordo de cooperação policial internacional contra o tráfico de pessoas, tiveram início em 2021, após a abordagem de um veículo que transportava diversos documentos referentes à atividade criminosa em andamento e ao envolvimento de diversas pessoas na promoção de migração ilegal.

Apurou-se que os investigados, ao promoverem a migração ilícita, recebiam valores das vítimas e aceitavam como garantia de pagamento notas promissórias, veículos e até eletrodomésticos.

Durante as buscas foram encontrados e apreendidos aparelhos celulares, veículos e bens ofertados pelas vítimas aos contrabandistas em pagamento pela promessa de adentrar território estrangeiro sem passar pela imigração regular.

O grupo é investigado pela prática dos crimes previstos nos artigos 232-A e 288, ambos do Código Penal. Se condenados, os envolvidos podem cumprir pena de até 11 anos de reclusão, com possibilidade de aumento a depender da quantidade de crimes imputados a cada um.

Leia Também:  Polícia Federal prende três pessoas por crimes ambientais em Maués/AM

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde, a Polícia Federal prossegue com seu trabalho.

Comunicação Social da Polícia Federal em Governador Valadares/MG

[email protected]| www.pf.gov.br

(33) 3212-9100

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal e Receita Federal, em operação conjunta com outros órgãos, apreendem mais de 500 kg de drogas

Publicados

em


Belém/PA – No dia 28 de outubro de 2021, a Polícia Federal, juntamente com a Receita Federal, no bojo da Operação Hórus, realizou a apreensão de mais 500 kg de cloridrato de cocaína com destino à Holanda, no Porto de Vila do Conde em Barcarena/PA.

A substância foi ocultada dentro de um dos containeres de manganês que fazia parte de uma exportação com mais 29 containeres, perfazendo um total de 825 toneladas, e que tinha como destino a cidade de Rotterdan, na Holanda.

Essa foi a segunda apreensão de drogas realizada envolvendo esse mesmo lote de conteineres. A primeira foi realizada no dia 23 de outubro e continha mais de 453 kg de cloridrato de cocaína. Somando as duas apreensões, já foram apreendidos mais de 960 kg dessa substância.

A droga foi apreendida pela Polícia Federal e foi instaurado o inquérito policial para a apuração da autoria e elucidação dos fatos.

O êxito da ação se deu devido ao trabalho interagências de captação e análise de informações no contexto da Operação Hórus, iniciada no dia 18 de outubro de 2021.

Leia Também:  Operação Restituere combate crimes em processo de aquisição de armas de fogo

A Operação Hórus, que fomenta a integração entre os órgãos, conta com agentes das Polícias Civil e Militar do Estado do Pará, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Receita Federal e Estadual e Secretaria de Meio Ambiente (Semas), além do Grupamento Fluvial de Segurança (Gflu), vinculado à Segup/PA.

Comunicação Social da Polícia Federal no Estado do Pará

Fone: 91 98586-5044
Email: [email protected]

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA