POLÍCIA FEDERAL

PF investiga crimes contra dignidade da criança e adolescente praticados através da internet

Publicados

em


MANAUS/AM. A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (13/05), a Operação Cyber Moon II, destinada à repressão a crimes contrários à dignidade da criança e adolescente praticados através da internet, com o compartilhamento de imagens pornográficas de abuso de menores.

Na ação, a PF cumpriu um mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara Federal Criminal da SJAM na cidade de Manaus. Segundo apurado, o investigado participava de grupos no aplicativo WhatsApp destinados ao compartilhamento e posse de imagens de pornografia de abuso de crianças e/ou adolescentes, conforme informação oriunda do Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil (SERCOPI/DRCC/CGPFAZ/DICOR/PF) em cooperação com a Interpol Roma.

O cumprimento do mandado de busca e apreensão visa a identificar o real usuário da linha telefônica utilizada na prática delituosa bem como angariar outros elementos indicativos de autoria e materialidade.

O investigado foi preso em flagrante pelo cometimento do crime de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Se condenado, ele poderá cumprir pena de até 4 anos de reclusão.

Leia Também:  PF e ANM deflagram operação conjunta de combate a crimes contra o meio ambiente na região metropolitana de Curitiba no Paraná

O nome da operação é uma alusão à operação deflagrada pela polícia italiana denominada “LUNA PARK”.

Comunicação Social

Superintendência Regional da Polícia Federal no Amazonas

Instagram: @pfmazonas | Facebook: /pfamazonas

Youtube: /pfamazonas | Twitter: /pfamazonas

[email protected] | www.pf.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal apreende cocaína em casco de navio

Publicados

em


Vila Velha/ES – A Polícia Federal apreendeu, nesta quarta-feira (26/5) cerca de 235 quilos de cocaína, que estavam escondidos sob o casco de um navio, atracado num porto privado localizado na Bahia de Vitória.

O cargueiro onde a droga foi encontrada seguiria do Espírito Santo com destino à Europa, sem atracar em outro porto do Brasil.

Tripulantes do cargueiro perceberam a aproximação de uma pequena embarcação durante a madrugada e comunicaram ao capitão, que acionou a Polícia Federal. Os policiais então seguiram para o porto e decidiram realizar uma busca completa no navio encontrando a carga de drogas no compartimento sob o caso, conhecido por “Sea Chest”.

Foi possível identificar e retirar cinco pacotes com aproximadamente 45 quilos de cocaína cada um. Em razão da complexidade deste tipo de busca, os trabalhos foram realizados com o apoio de mergulhadores especializados.

Toda a droga encontrada e apreendida foi levada para pesagem oficial e confecção dos laudos periciais necessários. Agora a Polícia Federal segue investigando para identificar todos os envolvidos nesse episódio.

Leia Também:  Viúvo de Paulinha Abelha pede para investigação sobre morte continuar

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Espírito Santo
Telefones: (27) 3041-8051/8029

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA