POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal deflagra operação contra o tráfico de drogas em 8 Estados brasileiros

Publicados

em


Vilhena/RO – A Polícia Federal deflagrou hoje (15/9) a Operação Carga Prensada, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas em grande escala no território brasileiro. São investigados também diversos delitos relacionados, como comércio ilegal de armas de fogo, lavagem de capitais e falsidade ideológica.

Mais de 270 policiais deram cumprimento a 45 mandados de prisão e 63 mandados de busca e apreensão, nos estados de Rondônia, Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Os mandados cumpridos nesta data foram expedidos pelo Juízo Estadual da 2ª Vara Criminal da Comarca de Vilhena/RO e há colaboração da Polícia Militar e do Ministério Público de Rondônia durante a deflagração da operação.

Conforme apurado no Inquérito Policial, os membros da organização criminosa são responsáveis pelo envio de grandes quantidades de cocaína de Rondônia para diversos outros estados brasileiros. Ao mesmo tempo, o grupo realizava a aquisição de cargas de maconha do Mato Grosso do Sul para serem distribuídas nos estados de Rondônia e Acre. Durante a fase sigilosa da investigação, que teve início no final de 2019, mais de 2,5 toneladas de drogas foram apreendidas.

Leia Também:  Timão se reapresenta e segue preparação para clássico contra o Santos

Além das prisões e buscas, houve o bloqueio de contas utilizadas pelos investigados e suas empresas, sequestro de cerca de 150 veículos – muitos dos quais de luxo -, suspensão de atividades de empresas relacionadas à lavagem de capitais, medidas cautelares diversas da prisão e até bloqueio de contas da ORCRIM em redes sociais. Dentre os bens sequestrados, constam imóveis, uma aeronave e uma lancha, todos adquiridos com valores obtidos com atividades ilícitas.

Os investigados poderão responder pelos crimes de tráfico de drogas (Art. 33 da Lei 11.343.06), associação para o tráfico (Art. 35 da Lei 11.343.06), lavagem de capitais (Art. 1º, caput, da Lei nº 9.613/98), organização criminosa (Art. 2º, caput, da Lei nº 12.850/13), falsidade ideológica (Art. 299 do Código Penal) cujas penas somadas podem ultrapassar 40 anos de prisão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia

Contato:  (69) 3216-6242 / 6270
E-mail: [email protected]

 www.pf.gov.br

*** A operação foi denominada “Carga Prensada” em referência à forma como a droga era transportada em meio a cargas em veículos de grande porte.

Leia Também:  PF apreende droga em bermuda e fundo falso de mala

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal e Receita Federal, em operação conjunta com outros órgãos, apreendem mais de 500 kg de drogas

Publicados

em


Belém/PA – No dia 28 de outubro de 2021, a Polícia Federal, juntamente com a Receita Federal, no bojo da Operação Hórus, realizou a apreensão de mais 500 kg de cloridrato de cocaína com destino à Holanda, no Porto de Vila do Conde em Barcarena/PA.

A substância foi ocultada dentro de um dos containeres de manganês que fazia parte de uma exportação com mais 29 containeres, perfazendo um total de 825 toneladas, e que tinha como destino a cidade de Rotterdan, na Holanda.

Essa foi a segunda apreensão de drogas realizada envolvendo esse mesmo lote de conteineres. A primeira foi realizada no dia 23 de outubro e continha mais de 453 kg de cloridrato de cocaína. Somando as duas apreensões, já foram apreendidos mais de 960 kg dessa substância.

A droga foi apreendida pela Polícia Federal e foi instaurado o inquérito policial para a apuração da autoria e elucidação dos fatos.

O êxito da ação se deu devido ao trabalho interagências de captação e análise de informações no contexto da Operação Hórus, iniciada no dia 18 de outubro de 2021.

Leia Também:  PF desarticula grupo ligado ao tráfico de cocaína para a África

A Operação Hórus, que fomenta a integração entre os órgãos, conta com agentes das Polícias Civil e Militar do Estado do Pará, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Receita Federal e Estadual e Secretaria de Meio Ambiente (Semas), além do Grupamento Fluvial de Segurança (Gflu), vinculado à Segup/PA.

Comunicação Social da Polícia Federal no Estado do Pará

Fone: 91 98586-5044
Email: [email protected]

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA