POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal incinera mais de 8 toneladas de entorpecentes em Campo Grande/MS

Publicados

em


Campo Grande/MS – Nesta sexta-feira, 14/1, foram destruídos 8.500 quilos de entorpecentes. O grande volume de drogas é consequência dos flagrantes e operações realizados pela Polícia Federal e por outras forças policiais. 

Foram incinerados cocaína, haxixe, e principalmente maconha, uma vez que o país vizinho, Paraguai, é um dos maiores produtores do mundo. As apreensões são direcionadas à PF, desde que configurada a transnacionalidade ou interestadualidade do delito.

A incineração ocorreu em uma indústria localizada no distrito industrial de Campo Grande e mobilizou diversos policiais federais, quatro viaturas e batedores da Guarda Civil Metropolitana.

Seguindo todos os protocolos de cuidados estabelecidos pelas autoridades do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem em benefício da sociedade.

Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul

Fone: (67) 3368-1105

[email protected] / www.pf.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Instituições de segurança realizam Operação Lei Seca em Várzea Grande
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF prende passageiros transportando metanfetamina e cocaína

Publicados

em


Guarulhos/SP – A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em ação conjunta com a Receita Federal, prendeu entre os dias 22 e 24/1 dois passageiros de voos internacionais transportando drogas em suas bagagens.

 Servidores da Receita Federal, que atuam junto aos canais de inspeção, selecionaram um passageiro que desembarcou de voo proveniente de Guadalajara, no México, para fiscalização de seus pertences por meio do aparelho de raio-x. As imagens revelaram uma grande quantidade de substância suspeita no interior de uma mala. Aberta a bagagem, foram encontrados, envoltos em fronhas e edredons, 6 Kg de substância na forma de cristais. Conduzido à PF, o homem, nacional do México, de 33 anos de idade, foi preso após os exames confirmarem que a substância suspeita era metanfetamina.

Na madrugada de hoje, uma equipe de servidores da Receita Federal que atua na fiscalização de bagagens despachadas, com o auxílio do aparelho de raio-x, identificou substância orgânica oculta na bolsa de uma passageira que embarcaria com destino a cidade de Malé, nas Ilhas Maldivas. A mulher, uma brasileira de 30 anos de idade, foi conduzida à PF e presa após os policiais identificarem a substância como cocaína, cujo volume somou 3 Kg.

Leia Também:  PF apreende 4kg de maconha no aeroporto do Recife

Os presos serão apresentados à Justiça Federal onde responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Contato: (11) 2445-2212

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA