Armado

Agiota é preso com 37 folhas de cheque e 15 cartões em VG

Publicados

em

Internet

Um agiota, pessoa que empresta dinheiro de forma ilegal, foi preso na noite de quinta-feira (30) em Várzea Grande após denúncias anônimas. Na casa onde eram realizadas as transações foram encontradas 37 folhas de cheque e 15 cartões de crédito.

A prisão aconteceu no bairro Parque Del Rey. As informações preliminares eram de que o homem estava armado e também vendia drogas no local.

Com o suspeito estavam munições calibre 8 intactas. Em revista na casa, foi encontrada a arma, munições de calibre 38, 22 e 40.

Ele e a companheira confessaram que emprestavam dinheiro e que os devedores deixavam cheques ou cartões de crédito com a senha como garantia do pagamento.

Ainda na residência foram localizados uma machadinha, 3 celulares, R$ 1,6 mil em dinheiro e dois vidros de cloridrato de lidocaína, um anestésico que só pode usado por profissionais.

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vão cair do cavalo sobre o vídeo', diz Bolsonaro sobre reunião ministerial
Propaganda

POLICIAL

Homem investigado por estupro de enteada tem prisão preventiva cumprida em Cuiabá

Publicados

em


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (Dedm) cumpriu nesta quinta-feira (06.08) um mandado de prisão preventiva contra um homem investigado pela unidade policial por estupro de vulnerável praticado contra sua enteada.

A delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis representou pelo pedido de prisão do suspeito, que é professor, após reunir em inquérito policial elementos probatórios que comprovaram o crime praticado reiteradas vezes contra a vítima que era sua enteada.  

De acordo com a investigação, o suspeito praticava abuso contra a vítima desde que ela tinha sete anos, quando ele ainda era conhecido da família. O investigado aproveitava momentos ou criava situações para ficar a sós com a vítima desde que ela era menor de idade e praticar os abusos, inclusive, fazendo a criança se sentir culpada pela situação. Ele a presenteava com roupas, doces e brinquedos para que a vítima ficasse calada. Neste ano, ele voltou a assediar a vítima por várias vezes.

Além da enteada, o suspeito também é investigado pelo estupro praticado contra outra criança da mesma família.

Leia Também:  Policiais civis recuperam material furtado de pedreiro e prendem suspeitos por receptação

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Jurandir Florêncio de Castilho Jr, da 14ª Vara Criminal de Cuiabá.

Após o cumprimento do mandado, o investigado foi encaminhado à delegacia e posteriormente irá para a unidade prisional do Capão Grande, em Várzea Grande.

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA