POLICIAL

Carga de soja roubada na região de Campo Verde é recuperada pela Polícia Civil

Publicados

em


Uma carga de soja avaliada em R$ 180 mil foi recuperada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (13.05), em Campo Verde. O produto foi roubado na Serra de São Vicente, conforme registro da ocorrência feito pela Polícia Rodoviária Federal.

A equipe da Delegacia de Campo Verde fez diligências e localizou a soja em uma empresa algodoeira do município.

Os investigadores apuraram que o veículo seguiu até Campo Verde e ficou um período parado próximo da algodoeira. Em checagem na empresa, a equipe policial percebeu rastros dos grãos no local e nos fundos da algodoeira foi localizada a carga.

Os responsáveis pela empresa foram encaminhados à delegacia para prestar esclarecimento. Na quinta-feira, um dos funcionários da algodoeira declarou que recebeu o pedido de uma pessoa por telefone informando se poderia deixar uma carga de soja na empresa, que depois iria ao local para apresentar a nota fiscal e dar a destinação.

A Delegacia de Campo Verde instaurou investigação para apurar o roubo.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Investigados pela Polícia Civil por chacina em VG são condenados no Tribunal do Júri
Propaganda

POLICIAL

Três envolvidos em roubo a banco em Ribeirão Cascalheira tem mandados cumpridos em MT e Goiás

Publicados

em


A Polícia Civil de Mato Grosso prendeu nesta quarta-feira (25.05) três investigados por um roubo a banco ocorrido no município de Ribeirão Cascalheira, no ano passado. Os dois adultos e um adolescente tiveram os mandados de prisão preventiva e de apreensão cumpridos pelas equipes da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Um foi localizado na cidade de Mineiros, no sudoeste de Goiás e outros dois presos em Primavera do Leste. Os mandados de prisão e de apreensão foram decretados pelo juízo da Vara Única de Ribeirão Cascalheira.

A investigação conduzida pela GCCO identificou os dois responsáveis diretos pela execução do roubo, ocorrido na manhã de 16 de dezembro do ano passado. Os autores entraram armados na agência do Banco Bradesco, renderam funcionários e clientes sob violência e grave ameaça e fugiram levando dinheiro.

Uma equipe da GCCO se dirigiu ao município e realizou uma série de diligências investigativas para esclarecer a dinâmica do crime e identificar os autores.

Conforme a apuração, os criminosos utilizaram lentes de contato colorida, máscaras e outras vestimentas para dificultar o reconhecimento. Mesmo com a estratégia usada, os policiais civis conseguiram identifica-los, sendo um adulto de 29 anos e o adolescente,que à época tinha 17 anos. O terceiro envolvido, de 32 anos, foi responsável por guardar parte do dinheiro subtraído.

Leia Também:  Polícia divulga nomes das 10 vítimas de ataque a tiros em mercado

A prisão realizada em Goiás contou com apoio da Companhia de Policiamento Especializado da PM do município de Mineiros.

“Necessário ressaltar que o crime chocou a população da cidade, pois os autores aterrorizaram os funcionários e clientes durante a execução do roubo, com grave ameaça, agressões físicas e restrição da liberdade das vítimas”, destacou o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

A GCCO apurou que os três possuem antecedentes criminais que demonstram um vínculo anterior e entre eles para cometimento de delitos patrimoniais.

As investigações contaram com apoio das Delegacias de Ribeirão Cascalheira e de Querência e da Delegacia Regional de Primavera do Leste.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA