POLICIAL

Homem é preso por ameaça, cárcere e estupro contra companheira que se relacionava há três meses

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito dos crimes de ameaça, cárcere privado, estupro foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (25.09), em ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Cuiabá. O suspeito, de 55 anos, praticou os atos contra a companheira, de 43 anos, com a qual se relacionava a cerca de três meses.

Segundo as informações, o casal veio da cidade de Uberlândia (MG) para Cuiabá, no dia 17 de setembro, quando o suspeito vendeu um aparelho celular para pagar a diária de um hotel. No dia seguinte (18), o casal foi para um albergue, porém em razão a brigas por ciúmes e machismo, a vítima procurou a assistente social pedindo ajuda para ir voltar para sua cidade.

Depois de conseguir passagem para ir embora e dinheiro com seus familiares, na quinta-feira (24), a vítima foi para a Rodoviária, momento em que foi surpreendida pelo agressor, o qual rasgou o seu bilhete de embarque. A vítima tentou pedir ajuda para populares, porém o suspeito não deixava as pessoas se aproximarem, dizendo que era “briga de marido e mulher”.

Leia Também:  Rede de Frente lança campanha Corrente do Bem Contra o Coronavírus e a Violência Doméstica

Em seguida, o suspeito levou a vítima para um hotel, nas proximidades da rodoviária, onde passou a proibir a vítima de sair do quarto e a agredia com tapas no rosto, além de rasgar a sua roupa e estuprá-la. Após o ato sexual forçado, o suspeito passou a noite consumindo entorpecentes e na manhã seguinte disse que levaria a vítima para almoçar e depois retornariam ao hotel para que ele continuasse com as agressões.

No restaurante, a vítima aproveitou um momento em que o suspeito se ausentou para fugir e com ajuda de populares chegou até a Delegacia da Mulher. Narrando os fatos, pedindo retirado dos seus pertences e a prisão do autor.

Com base nas informações,  a equipe da DEDM se deslocou até o hotel, onde encontrou o suspeito, o qual foi identificado pela vítima e preso pelos policiais. O suspeito estava visivelmente sob efeitos de entorpecente, ameaçou os policiais tentando resistir a prisão, sendo também autuado em flagrante pelos crimes de desacato e desobediência.

A vítima, totalmente aterrorizada, requereu medidas protéticas e enquanto aguarda o retorno para o seu estado, ficará na casa de amparo.

Leia Também:  Polícia Civil prende homem por posse de arma em Vila Bela

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Suspeitos de agredirem mãe e filha durante roubo de veículo têm prisão cumprida

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens identificados como autores do roubo de um veículo em que mãe e filha foram violentamente agredidas tiveram mandados de prisão cumpridos após serem identificados pela Polícia Civil, em investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva).

O crime, ocorrido no dia 17 de setembro, no bairro Bosque da Saúde, causou grande repercussão devido à agressividade dos suspeitos com as vítimas, registrada pelas câmeras de segurança de um edifício da região.

As imagens flagraram o momento em que os dois suspeitos, em posse de arma de fogo, abordaram mãe e filha que foram arrancadas a força de dentro de veículo e agredidas com socos e chutes. Os criminosos fugiram com o veículo Honda das vítimas.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derrfva iniciou as investigações conseguindo identificar os dois autores do crime que tiveram os mandados de prisão temporária representado pelo delegado Daniel Lucas Paranhos Machado. Os suspeitos também estariam envolvidos em outros roubos de veículos ocorridos na região.

Leia Também:  Estado reduz expediente para conter avanço da Covid-19

As ordens de prisão foram decretadas pela Justiça, sendo o mandado de prisão contra um dos autores cumprido pelos policiais da Derrfva, nesta quinta-feira (29.10), na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde o suspeito já estava preso por outro crime. A ordem de prisão contra o outro identificado foi cumprida na semana passada em ação da realizada pela Polícia Militar.

“Com essa investigação da Derrfva foi possível identificar e prender os dois autores do crime, que chamou a atenção da imprensa e da sociedade, pela extrema violência usada contra as vítimas”, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA