Polícia

Jovem agredida pelo marido em resort de luxo diz que sentiu “medo da morte”

Publicados

em

Reprodução

A jovem de 21 anos espancada pelo então marido dentro de uma suíte em resort de luxo, no Manso, se pronunciou e disse que só quer ele pague o sofrimento que causou. Helen Machado publicou em seu stories o ocorrido e pede justiça.

“Não sou a louca da história, só fui mais uma vítima e tenho vídeos que outros hóspedes fizeram da agressão que sofri”, disse.

Seu ex-marido, Germiniado Nédio, é agricultor em Sorriso (a 420 km de Cuiabá), e possui outros processos na Justiça por agressão e problemas trabalhistas com funcionários.

Revoltada, Helen comentou que, infelizmente sabe que ele não vai “pagar” a agressão contra ela, “já já está livre”.

“Só quero que pague o sofrimento que passei e sinta todo medo e pavor que passei. O medo da morte correndo atrás de mim, mas Deus me faz forte, graças a Deus estou bem”, disse.

Nédio chegou a ser preso e encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos. Segundo informações da polícia, ele ainda está detido.

O caso

Leia Também:  Polícia Civil apreende menor com grande quantidade de objetos furtados e droga

Helen, de 21 anos, foi espancada pelo esposo dentro de uma suíte em resort de luxo, no Manso, na noite de sexta-feira (22).Segundo o boletim de ocorrência, o homem foi preso na manhã de sábado (23). O casal não teve a identidade revelada.

As agressões do marido foram gravadas por outros hóspedes que chegaram a flagrar a briga.

Ao chegarem  no local, os policiais informaram ao agressor que ele ia ser encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos, no entanto, ele resistiu e precisou ser algemado.

Fonte: Unicanews

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil de MT localiza mulher desaparecida no estado do Ceará em Nova Mutum

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma mulher que estava desaparecida no estado do Ceará desde dezembro de 2020 foi localizada pela Polícia Civil de Mato Grosso, na quinta-feira (04.03), em ação realizada pelo Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) com apoio da Delegacia de Nova Mutum (254 km ao norte de Cuiabá).

A mulher de 28 anos foi localizada em uma casa no município de Nova Mutum, onde disse estar vivendo por vontade própria. Ela estava desaparecida desde o dia 16 de dezembro, quando saiu da residência da sua mãe na cidade de Itaitinga (CE) para resolver um problema no banco e não retornou mais para casa.

Na ocasião, a vítima emprestou o cartão de crédito do padrasto para supostamente comprar uma sandália. Estranhando o fato da filha não retornar para casa, a mãe tentou entrar em contato por telefone, porém o aparelho somente dava sinal de desligado.

Diante dos fatos, a mãe entrou em contato com a operadora do cartão que informou sobre uma compra em uma empresa de passagens aéreas realizada no mesmo dia do desaparecimento da vítima.

Leia Também:  Antiviral é anunciado pelo governo russo como promissor no combate à Covid-19

Com informações de que a desaparecida teria vindo para o estado de Mato Grosso, a Polícia Civil do Ceará, através da 12ª Delegacia de Homicídios do estado entrou em contato, com a equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da DHPP para dar apoio na localização da vítima.

O cartaz de desaparecimento da vítima foi registrado no banco de dados de pessoas desaparecidas de Mato Grosso e divulgado no site e rede social do Núcleo de Desaparecidos que passou a receber denúncias de que a mulher estava vivendo em um sítio na zona rural de Nova Mutum.

As informações foram passadas para a equipe da Polícia Civil do município, que diligenciou até o distrito Rachão, onde supostamente a vítima estava morando, porém não conseguiram localizá-la. Em continuidade as diligências, a mulher foi localizada em uma casa no bairro Jardim Europa, no município.

Questionada, ela disse que estava bem e que estava na cidade por vontade própria. Os policiais orientaram que ela procurasse a família para dar informações sobre o seu paradeiro.

Leia Também:  Operação desarticula grupo criminoso que praticou ao menos 20 roubos de mais de 1.200 celulares

Depois de verificada as boas condições de saúde e ausência de risco para a procurada, os policiais do Núcleo de Desaparecidos comunicaram a Polícia Civil do Ceará sobre a localização da procurada.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA