POLICIAL

Ministério Público e Polícia Civil deflagram segunda fase da Operação Renegados

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em investigação conjunta com a Polícia Civil, por intermédio da Corregedoria-Geral da Polícia Civil, deflagraram na tarde desta sexta-feira (26.11) a segunda fase da Operação Renegados, com a finalidade de cumprir um total de 30 mandados judiciais, sendo 14 mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisão domiciliar, cinco mandados de busca e apreensão em residências e nove mandados de busca e apreensão em celas do Centro de Custódia da Capital.

A operação se fundamenta em Procedimento de Investigação Criminal (PIC) instaurado no âmbito do Gaeco e em inquérito instaurado pela Corregedoria-Geral da Polícia Civil.

A operação se dá em continuidade às investigações sobre denúncias da prática de inúmeros crimes tais como concussão, tráfico, porte ilegal de armas de fogo, corrupção, roubo qualificado e favorecimento da prostituição ou exploração sexual de adolescentes cometidos por uma organização criminosa composta , dentre outros membros, por policiais civis, militares e informantes.

Leia Também:  Homem leva tiro durante festa em buffet em Cuiabá

O Ministério Público e a Polícia Civil comungam esforços para combater os que desonram sua missão institucional e renegam a nobre missão do combate à corrupção e criminalidade . A lei é para todos e com muito mais rigor deve atingir aqueles que abusam da função pública e se utilizam do cargo e do aparato estatal para o cometimento de crimes.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil prende casal envolvido com distribuição de drogas em diversos bairros de Rondonópolis

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um casal envolvido com a distribuição de entorpecentes em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (24.01), durante trabalho investigativo da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de combate ao tráfico de drogas no município.

A ação resultou na apreensão de drogas, apetrechos relacionados ao tráfico e de um veículo utilizado na distribuição de entorpecentes. O suspeito, de 36 anos, e a sua esposa, de 24, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Nas investigações relacionadas ao comércio de entorpecentes em Rondonópolis, os policiais da Derf identificaram uma liderança de uma facção criminosa, que atuava na distribuição de drogas na região dos bairros Pedra 90, Vila Olinda, Parque Universitário, Jardim das Paineiras, Jardim Oásis, Tancredo Neves, Jardim Rui Barbosa e alguns bairros da Vila Salmen.

O suspeito seria o responsável pelos explosivos e detonadores apreendidos pela Polícia Militar em uma casa no Pedra 90, em ação realizada no dia 03 de janeiro. Segundo as informações, o material seria utilizado para fuga de presos no Presídio da Mata Grande.

Leia Também:  Policiais prendem quatro pessoas por tráfico de drogas no interior

Diante das informações e diligências na região, os policiais fizeram um relatório de investigação para solicitação de mandado de busca e apreensão na residência, que foi expedido pela 5ª Vara Criminal de Rondonópolis.

Os policiais continuavam monitorando o suspeito com o objetivo de aguardar o melhor momento para cumprimento do mandado. No sábado (22), os policiais flagraram o momento que o investigado pegou a Rodovia, recebendo informações de que ele iria para Campo Grande (MS) para buscar drogas para trazer para Rondonópolis.

O veículo que o suspeito acompanhava foi apreendido na cidade de Amambai (MS) no domingo (23) pela Polícia de Mato Grosso do Sul com aproximadamente 600 quilos de maconha e haxixe, fazendo com que o investigado retornasse para Rondonópolis, sem o entorpecente.

Diante dos fatos, os policiais decidiram dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão nesta segunda-feira (24). Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito tentou empreender fuga para os fundos da casa, mas foi surpreendido pelo cerco policial, porém conseguindo quebrar o aparelho celular, como mandam as regras da facção.

Leia Também:  Brigadista cai em rodovia e tem cabeça esmagada por carreta

Em buscas na residência, foram apreendidos porções de maconha, balança de precisão, e faca com resquícios de drogas, além de anotações de grandes quantidades de drogas e dinheiro que ele movimenta na região, documentos e cartões. Durante os trabalhos, foi verificado que a esposa do suspeito também participava da contabilidade e organização da distribuição da droga.

O veículo Renault Sandeiro do suspeito, utilizado na distribuição de drogas, também foi apreendido, sendo encontrado em seu interior os comprovantes de pedágios da viagem que foi feita para buscar entorpecentes.

Diante das evidências, o casal foi conduzido à Derf Rondonópolis, onde após ser interrogado, foi lavrado o flagrante por crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA