Polícia

PM prende suspeitos de aplicar golpe e apreende R$ 1 milhão em Várzea Grande

Publicados

em

Foto por: 4º BPM/PMMT
O dinheiro estava vindo de São José do Rio Claro, interior de Mato Grosso, seria proveniente de golpe e teria como destino a capital federal

Em Várzea Grande, policiais do 4º Batalhão detiveram dois homens na tarde de sexta-feira (20.11) e no carro em que eles estavam, um Chevrolet Cruze, localizaram R$ 1 milhão, em notas de R$ 50 e R$ 100.

A ação ocorreu na Rodovia dos Imigrantes (BR-163), no Jardim Novo Mundo, e teve como origem uma denúncia recebida do interior do Estado indicando o veículo e a possível e direção tomada por suspeitos de aplicar um golpe em um morador da cidade de São José do Rio Claro.

Conforme narrativa dos policiais registrada no Boletim de Ocorrência (BO), a vítima declarou que o dinheiro era para pagar produtos e equipes de fibra ótica adquiridos em um leilão da Receita Federal. E ainda, que os suspeitos detidos teriam se passado por servidores da Receita para marcar uma reunião com a vítima para aplicar o golpe.

Durante a abordagem, os detidos ainda tentaram assediá-los dizendo que só precisavam de R$ 100 mil e oferecendo R$ 900 mil para que os liberassem sem condução à delegacia.

Leia Também:  Vacina via nasal pode ser mais eficaz e com menos efeitos colaterais

Na Central de Plantão de Várzea Grande, onde suspeitos e vítima se encontraram, os policiais militares formalizaram o registro da ocorrência e fizeram a contagem nas notas. Deixaram o dinheiro, o carro usado no transporte e os suspeitos sob a responsabilidade do delegado plantonista para demais medidas legais.

Fonte: Governo MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Polícia Civil prende jovem suspeita de chefiar tráfico em Nova Xavantina

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma mulher procurada pela Justiça por suspeita de chefiar uma associação criminosa foi presa pela Polícia Civil do município de Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá), no domingo (29.11), em ação para cumprimento de mandado. A jovem de 24 anos estava com a ordem de prisão preventiva decretada pela 1ª vara Criminal da Comarca local, por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A atuação da suspeita foi identificada em investigação da Polícia Civil, que resultou na prisão em flagrante da traficante, por envolvimento com o comércio de entorpecentes na região. Na ocasião, a jovem conseguiu liberdade provisória para cuidar de sua filha pequena.

Mesmo com o benefício  judicial, a suspeita foi novmente presa no mês de agosto, em Mato Grosso do Sul, transportando cerca de 24 quilos de maconha que seriam levados para as cidades de Barra do Garças e Nova Xavantina..

Em razão do descumprimento das condições impostas pelo Poder Judiciário, a jovem teve a prisão preventiva expedida pela Justiça. Diante da nova ordem de prisão, os policiais civis de Nova Xavantina conseguiram localizar a suspeita em uma residência no bairro União. No momento da abordagem os investigadores encontraram vestígios que indicavam que ela se preparava para fugir.

Leia Também:  Escola denuncia estupro de menina de 10 anos pelo padrasto

Após cumprimento do mandado de prisão, a mulher foi conduzida para Delegacia de Polícia para as providências cabíveis e posteriormente encaminhada para uma unidade prisional, à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA