POLICIAL

Polícia Civil cumpre busca e detém duas pessoas com drogas e dinheiro em Rosário Oeste

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas pessoas, entre elas um menor de idade, envolvidas com o tráfico de drogas no município de Rosário Oeste foram detidas em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (16.04), durante uma ação de cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar.

Além da prisão do suspeito de 24 anos e apreensão do adolescente de 17, a ação resultou na apreensão de porções de entorpecentes e dinheiro.

A ordem judicial de busca e apreensão foi expedida pela Vara única de Rosário Oeste com base em investigações da Polícia Civil do tráfico de drogas no município.

Durante as buscas na residência, os policiais encontraram um pote de vidro em com porções de maconha já cortadas e prontas para embaladas e R$ 1,6 mil em dinheiro trocado, característico da atividade de tráfico.

Durante a ação, também foram apreendidos aparelhos celulares que também podem ter a origem ligada à atividade do tráfico. Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Rosário Oeste, onde o flagrante foi lavrado pelo delegado Gustavo Godoy.

Leia Também:  Polícia Civil prende mulher com munições, drogas e R$ 9,5 mil no Pedra 90

O suspeito maior de idade foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico com causa de aumento de pena pelo envolvimento de adolescente. Contra o menor foi lavrado um boletim de ocorrência circunstanciado, sendo o adolescente posteriormente entregue ao seu responsável.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Estelionatária que causou prejuízo de R$ 20 mil a vítimas em venda de carro é presa em Cuiabá

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

 

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) prendeu em flagrante nesta segunda-feira (10) uma mulher de 34 anos por estelionato praticado contra duas vítimas da cidade de Água Boa, que gerou um prejuízo de R$ 20 mil. A prisão contou com apoio da Delegacia Especializada de Crimes Informáticos (DRCI).

A vítima procurou a Delegacia de Água Boa nesta segunda-feira e informou que viu a propaganda de um veículo modelo Gol em um classificado na cidade, pelo valor R$ 25 mil, e entrou em contato com o número informado no anúncio. A pessoa que a atendeu informou ser parente do vendedor do veículo e que lhe devia R$ 20 mil, e acertaram a venda do Gol. Diante das informações confirmadas pelo vendedor, a vítima então transferiu o valor. Logo após realizar a transferência, a mulher foi alertada pelo seu esposo de que se tratava de um golpe.

O casal procurou imediatamente a agência bancária solicitando estorno do dinheiro, mas não foi mais possível, uma vez que o valor foi transferido via sistema Pix.

Leia Também:  Ação integrada de fiscalização sobre preços abusivos é realizada em mais um supermercado da Capital

Os policiais de Água Boa identificaram a titularidade da conta bancária que recebeu o valor, que é de uma pessoa em Cuiabá.

Com base nas informações passadas pela vítima, a equipe da DERF da Capital conseguiu identificar e localizar a suspeita, que trabalha em um hospital particular de Cuiabá. Ao ser abordada pelos investigadores, a mulher negou ter recebido a transferência. Contudo, os policiais checaram que após receber o dinheiro, ela realizou duas transações bancárias para comparsas do crime, uma no valor de R$ 15 mil e outra de R$ 5 mil, a fim de ocultar o dinheiro obtido ilicitamente.

A suspeita forneceu cópias das transferências realizadas e com os dados, os investigadores conseguiram identificar os comparsas.

O delegado Guilherme de Carvalho Bertoli autuou a suspeita por estelionato consumado e representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva.

As diligências da Derf prosseguem para localizar os demais comparsas envolvidos no golpe.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA