POLICIAL

Polícia Civil cumpre prisão de autor de duplo homicídio ocorrido em 2015 em Rondonópolis

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor do duplo homicídio que vitimou um casal no ano de 2015 na zona rural de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira (07.04), durante ação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

O suspeito de 41 anos foi identificado como autor do duplo homicídio que vitimou Agnaldo Bizerra, 41 anos e Alice Jacomassi, de 62 anos. E estava com a ordem de prisão preventiva expedida pela 1ª Vara Criminal de Rondonópolis pelo crime.

A execução das vítimas ocorreu em outubro de 2015, na zona rural próximo ao presídio da Mato Grande. Os dois corpos foram encontrados já sem vida com ferimentos de disparos de armas de fogo, próximos a um terreno argiloso, na propriedade de Alice.

Segundo as investigações, o crime teria sido motivado por um desentendimento entre o suspeito e as vítimas em razão de uma área e que perdurava por mais de seis meses.

Leia Também:  Polícia Civil identifica autoria e esclarece homicídio de idoso em Juína

Com a retomada das investigações, os policiais da DHPP descobriram o paradeiro do foragido, no assentamento Chico Mendes, próximo ao local do homicídio, local em que foi dado cumprimento ao mandado de prisão.

O suspeito foi conduzido à delegacia para as providências cabíveis e após ser apresentado à delegada Karla Peixoto Ferraz, foi encaminhado à unidade prisional ficando a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Suspeito de estuprar e agredir vítima por mais de 10 horas é preso em flagrante pela Polícia Civil em Sorriso

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante neste sábado (17.04), um homem apontado como autor de crime de estupro e cárcere privado ocorrido durante a madrugada no município. O suspeito, de 21 anos, é vizinho da vítima e a manteve refém por quase 12 horas enquanto praticava os abusos e agressões.

As diligências iniciaram após a vítima, de 25 anos, comparecer à Delegacia de Sorriso, visivelmente abalada e com vários hematomas pelo corpo para comunicar o crime. A comunicação ocorreu logo após ser libertada pelo agressor. Segundo as informações, o suspeito pulou o muro da sua casa por volta de meia noite e meia,  e em posse de uma faca a ameaçou, agrediu fisicamente e obrigou a vítima a manter relações sexuais no período em que permaneceu dentro da residência.

Além do abuso sexual, a vítima foi agredida com socos, tapas e mordidas, a todo tempo sendo ameaçada com a faca. O suspeito ainda filmou a vítima e disse que publicaria os vídeos nas redes sociais, caso fosse denunciado.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão de envolvido em violência doméstica e tentativa de homicídio

O suspeito manteve a vítima em cárcere até 11 horas deste sábado (17), momento em que ela conseguiu convencê-lo de que não iria o denunciar e que deveria liberá-la.

 Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Delegacia de Sorriso, coordenada pelo delegado José Getúlio Daniel iniciou as diligências em buscas do suspeito, conseguindo realizar sua prisão em flagrante.  O suspeito foi flagrando com a motocicleta da vítima no estacionamento de um supermercado da cidade.

Ele foi conduzido à Delegacia de sorriso e após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de estupro.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA