POLICIAL

Policiais civis cumprem dois mandados de prisão de suspeitos investigados em homicídio de mulher

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Alta Floresta cumpriu n (803 km ao norte de Cuiabá) cumpriu nesta sexta-feira (31) dois mandados de prisão temporária contra suspeitos que são investigados por envolvimento no homicídio de uma mulher ocorrido no bairro Vila Nova, no início deste mês.

Conforme as investigações, um dos suspeitos, de 23 anos, esteve na cena do crime conduzindo uma das motocicletas envolvidas na execução da vítima. O outro preso, de 22 anos, forneceu a arma que foi utilizada no delito.

Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão na residência de um adolescente que possivelmente está envolvido com o crime. Na casa foram encontradas porções de sustâncias análogas à pasta base de cocaína, balança de precisão e um caderno com anotações do tráfico. O menor não estava em casa no momento da busca e ainda não foi localizado.

As ordens judiciais foram expedidas pela 2ª e 5ª Vara da Comarca de Alta Floresta. A investigação que apura o homicídio será concluída nos próximos dias. Os presos serão encaminhados para a Cadeia Pública de Alta Floresta.

Leia Também:  Repressão ao tráfico interestadual passa por inteligência policial e planejamento

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

CASO RESORT: Agressor de Helen Machado já foi alvo da polícia em 2018 por espancar a própria filha

Publicados

em

Reprodução

O homem acusado de agredir a esposa  em uma suíte em resort de luxo, no Manso, é agricultor e possui diversos processos na Justiça, entre eles trabalhistas. Nédio Germiniani, de 52 anos, é produtor rural em Sorriso (a 420 km de Cuiabá) e já foi alvo da polícia. A reportagem tentou, mas não localizou Nédio.

Nédio foi filmado por hóspedes agredindo a sua esposa dentro de um quarto em resort de luxo, na noite de sexta-feira (22).

Em 2018, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na sua casa, escritório e fazenda. Ele estava sendo investigado por espancar a própria filha de 19 anos e ainda agredir o porteiro do condomínio, que tentou intervir na briga.

Na época, segundo a polícia, Nédio possuía uma arma de fogo e um facão, quando ameaçou de morte o porteiro do condomínio que morava. No quarto da casa do produtor, foram encontrados vários objetos revirados e vidros quebrados.

A polícia ainda informou que ele tinha um histórico de denúncias por furto de energia na fazenda. Nédio está envolvido em outros processos, como em bancos, transportadoras, hotel, Sefaz, Ibama, loja de eletrodoméstico, além de processos no Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Leia Também:  Polícia Civil prende três traficantes com droga e plantas de maconha

Só de uma pessoa foram encontrados 14 processos trabalhistas. Ao todo são 31 processos que ele responde na Justiça de Mato Grosso.

Na agressão contra a esposa, Nédio chegou a ser preso na manhã desse sábado (23) e encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos. Segundo informações da polícia, ele ainda está detido.

A vítima, Helen Machado de 21 anos, disse que viu a morte correndo atrás dela e que sentiu muito medo.

“Só quero que pague o sofrimento que passei e sinta todo medo e pavor que passei. O medo da morte correndo atrás de mim, mas Deus me faz forte, graças a Deus estou bem”, disse.

Fonte: Unicanews

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA