POLICIAL

Suspeito de estupro de vulnerável de enteada em Cáceres tem prisão cumprida em Cuiabá

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá pelo crime de estupro de vulnerável, teve o mandado de prisão cumpridos na tarde desta sexta-feira (25.09), pela Polícia Civil em Cuiabá, em ação realizada pelos policiais da Delegacia  Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O suspeito, de 27 anos, foi alvo de investigação da Delegacia da Mulher de Cáceres, em setembro de 2019, pela prática de estupro de vulnerável contra a sua enteada de apenas 10 anos de idade. Segundo as investigações, o suspeito manteve relação sexual com a vítima diversas vezes, fato comprovado por exame de corpo delito realizado pelo menor.

Os fatos foram percebidos pela coordenadoria da escola onde a criança estuva, que percebeu mudanças de comportamentos da aluna, que reclamava de dores na parte debaixo da barriga e chorava com facilidade. Durante conversa com a menor, ela revelou que estava sendo abusada sexualmente pelo padrasto.

Leia Também:  Suspeito de estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil no sul do estado

Na delegacia, a menor foi ouvida e deu detalhes que comprovavam os abusos praticados pelo padrasto. Diante das evidências, a delegada Judá Maali Pinheiro Marcondes, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foragiu da cidade.

Com a ordem de prisão decretada e informações do possível paradeiro do investigado na cidade de Cuiabá, a equipe da Delegacia da Mulher de Cáceres entrou em contato com os policiais da DRE. O suspeito foi localizado e teve a ordem de prisão cumprida em uma obra em que estava trabalhando, no bairro Bandeirantes.

Após ter o mandado cumprido, o suspeito foi apresentado na DRE para as providências cabíveis.

.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Suspeitos de agredirem mãe e filha durante roubo de veículo têm prisão cumprida

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens identificados como autores do roubo de um veículo em que mãe e filha foram violentamente agredidas tiveram mandados de prisão cumpridos após serem identificados pela Polícia Civil, em investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva).

O crime, ocorrido no dia 17 de setembro, no bairro Bosque da Saúde, causou grande repercussão devido à agressividade dos suspeitos com as vítimas, registrada pelas câmeras de segurança de um edifício da região.

As imagens flagraram o momento em que os dois suspeitos, em posse de arma de fogo, abordaram mãe e filha que foram arrancadas a força de dentro de veículo e agredidas com socos e chutes. Os criminosos fugiram com o veículo Honda das vítimas.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derrfva iniciou as investigações conseguindo identificar os dois autores do crime que tiveram os mandados de prisão temporária representado pelo delegado Daniel Lucas Paranhos Machado. Os suspeitos também estariam envolvidos em outros roubos de veículos ocorridos na região.

Leia Também:  Suspeito de estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil no sul do estado

As ordens de prisão foram decretadas pela Justiça, sendo o mandado de prisão contra um dos autores cumprido pelos policiais da Derrfva, nesta quinta-feira (29.10), na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde o suspeito já estava preso por outro crime. A ordem de prisão contra o outro identificado foi cumprida na semana passada em ação da realizada pela Polícia Militar.

“Com essa investigação da Derrfva foi possível identificar e prender os dois autores do crime, que chamou a atenção da imprensa e da sociedade, pela extrema violência usada contra as vítimas”, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA