Eleições Municipais 2020

Ex-candidatos do PSL declaram apoio a Emanuel Pinheiro

Publicados

em

Felipe Lima

Com o discurso de que Cuiabá deve manter um gestor experiente e comprometido com às pessoas, mais de 20 ex-candidatos a Câmara de Vereadores pelo PSL declaram apoio à candidatura pela reeleição de Emanuel Pinheiro (MDB), na tarde desta sexta-feira (20), durante ato no Comitê da coligação “A Mudança Merece Continuar”.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro, a adesão é uma prova inequívoca de que a população não vai deixar que Cuiabá caia nas mãos de aventureiros, de inexperientes. “É preciso pesquisar, saber quais as bandeiras defendidas pelos candidatos. O reconhecimento do trabalho e comprometimento nasce de demonstrações como essa. São ex-candidatos que não irão compartilhar de uma insanidade, de arriscar o futuro de Cuiabá”, declarou.

Ele reforçou ainda que a consciência coletiva faz toda a diferença para o dia 29 de novembro.

“O então candidato à Prefeitura pela sigla migrou para apoiar o adversário, mas o que importa é quem tem a base, quem está no corpo a corpo com à população. A chapa de Emanuel e Stopa recebe de braços abertos quem tem sentimento, quem tem uma causa. De coração, assumimos os compromissos programáticos para fazer de Cuiabá uma cidade mais juntas, sem preconceitos. Uma cidade mais humana, com mais inclusão social e solidária”.

Leia Também:  Primeira-dama fala em combate à corrupção ao declarar apoio a Abílio

A presidente estadual do PSL Mulher, Ana Paula, agradeceu o desenvolvimento de políticas de proteção e o fomento para qualificação das mulheres na capital, a exemplo do Programa Qualifica, que já ajudou na transformação de mais de três mil mulheres. “Por isso, nós estamos aqui para dar apoio ao senhor”.

Pinheiro encabeça a coligação “A Mudança Merece Continuar”, composta por 11 partidos – MDB, PV, PSDB, REPUBLICANOS, PL, PTC, PCdoB, PMB, PTB, SOLIDARIEDADE e o PP – e tem como candidato a vice-prefeito, José Roberto Stopa (PV).

da Redação, com informações da assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Emanuel diz que Mendes ‘não gosta de pobre’ e cobra apoio da AL

Publicados

em

Internet

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que o governador Mauro Mendes (DEM) “não gosta de pobre” ao criticar o formato de gestão adotado pela democrata. Na noite desta segunda-feira (10), o chefe do Executivo voltou a sinalizar articulações políticas para 2022 e defendeu uma nova opção de governo para Mato Grosso.

“Esse é o modelo, tá bom? É unânime, ninguém acha que tá bom. Então, vamos fazer alguma coisa? Vocês querem fazer alguma coisa ou não querem? Acha que tem que ficar, isso que tá aí? Isolado, arrogante, é frio, calculista, administrando para poucos, não gosta de pobre, despreza os mais humildes. Ele não olha pelos mais pequenos”, iniciou.

A fala ocorreu após a entrega viaduto Murilo Domingos, na avenida Beira Rio em Cuiabá. Durante o discurso, Emanuel pediu o apoio de aliados e do próprio comandante do Palácio Paiaguás que não compareceu à inauguração da obra.

A cobrança teve uma entonação especial e direcionada ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), que estava sentado na primeira fileira, ao lado do ao ex-governador Júlio Campos (DEM), do prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (DEM), e outros parlamentares da Casa de Leis.

Leia Também:  Jovem vai para festa 'clandestina' no Reveillón e aparece morta a facadas

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

política mt

mato grosso

policial

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA